Gerente de futebol do Botafogo, Valdir Espinosa não resiste a operação e morre

Dirigente tinha 72 anos e estava internado desde o último dia 20

Por O Dia

Valdir Espinosa
Valdir Espinosa -
Rio - O ex-treinador e atual gerente de futebol do Botafogo, Valdir Espinosa, de 72 anos, morreu nesta quinta-feira. Ele estava internado desde o último dia 20, por conta de uma operação na região do abdômen. Ele acabou não conseguindo se recuperar da operação.
Espinosa ocupava a função no clube carioca desde o fim do ano passado. Pelo Botafogo, ele fez história ao ser treinador da equipe campeã do Carioca em 1989, quando o Glorioso interrompeu um jejum de 21 anos sem título. Ele também marcou época no Grêmio, quando foi campeão do Mundial de Clubes em 1983.
Valdir Espinosa treinou outros grandes clubes brasileiros como Fluminense e Corinthians, além disso teve experiências internacionais. Ele trabalhou no Cerro Porteño, do Paraguai, no Al-Hilal, da Arábia Saudita, e no Tokyo Verdy, do Japão. Também teve uma rápida passagem pelo Las Vegas City.
Fora do futebol, Valdir Espinosa foi comentarista do Grupo Globo em 2008 e 2009. Ele também foi funcionário do Sistema Globo de Rádio em 2012. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários