Na Ásia, atacante relembra passagem pelo Botafogo: 'Guardo no coração'

Neilton afirma que Alvinegro, clube que atuou em 2015 e 2016, é um lugar que fez grandes amigos e agradece pelo carinho da torcida

Por Lance

Hoje no Inter, Neilton defendeu o Botafogo em 2015: a torcida alvinegra aprova possível volta do atacante
Hoje no Inter, Neilton defendeu o Botafogo em 2015: a torcida alvinegra aprova possível volta do atacante -
Rio - Mesmo de longe, Neilton não esqueceu o Botafogo. O atacante, atualmente defendendo o Hatta Club, dos Emirados Árabes Unidos, afirmou que guarda as recordações do Glorioso, clube que atuou em 2015 e 2016, com alegria. Em entrevista exclusiva ao LANCE!, o jogador de 26 anos relembrou a passagem pelo Glorioso.

"O Botafogo foi uma casa em que estive ao lado de profissionais competentes e fiz grandes amigos, pude sentir o carinho da torcida e o gosto de vestir a camisa de um grande do Rio de Janeiro. Tenho um respeito e um carinho e respeito muito grande pelo clube e seus torcedores, que sempre me apoiaram e estiveram ao meu lado. Vivi momentos muitos bons lá e guardo no coração todas as recordações", afirmou.

No começo do mês, Neilton comentou em uma live que Jefferson e Flávio Tênius, treinador de goleiros do Botafogo, estavam fazendo no Instagram. De forma automática, torcedores pediram pela volta do atacante nos comentários. Ele agradeceu pelo contato com os botafoguenses.
"É muito gratificante ainda receber o carinho da torcida. Mesmo depois de algum tempo da minha passagem pelo clube, ainda ser lembrado com admiração pelos torcedores é algo realmente extraordinário. O carinho e respeito são recíprocos", ponderou.

Neilton vinha sendo titular do Hatta até a paralisação das competições no UAE por conta da pandemia no coronavírus. O atacante, que atuou por São Paulo, Vitória e Internacional após deixar o Botafogo, analisa a carreira como positiva até aqui.

"Acredito que consegui cumprir as metas que coloquei pra mim mesmo até aqui. Joguei em grandes clubes no Brasil e agora estou nos Emirados, que é um mercado muito interessante para jogadores jovens. No momento, estou com a cabeça completamente no Hatta Club, que me recebeu muito bem e de braços abertos. Estou focado em fazer um grande trabalho por aqui e retribuir o carinho e confiança que o clube e a torcida têm em mim", analisou.

Comentários