Kalou marca, mas Botafogo vacila nos acréscimos e leva empate do Corinthians

Superior, Glorioso vencia até os 48 minutos do segundo tempo, mas pelo menos deixa a zona de rebaixamento

Por O Dia

Kalou celebra com os companheiros o seu primeiro gol com a camisa alvinegra
Kalou celebra com os companheiros o seu primeiro gol com a camisa alvinegra -

São Paulo -  O Botafogo tem muito a  lamentar o empate em 2 a 2 com o Corinthians, na Neo Quimica Arena. Superior a maior parte do jogo, o Glorioso viu Kalou marcar seu primeiro gol e vencia até os 48 minutos do segundo tempo, quando a zaga bobeou e Jô empatou. Antes Fágner e Bruno Nazário também haviam balançado as redes. O tropeço amargo permitiu sair da zona de rebaixamento, mas não se afastar.

Mesmo fora de casa, o Botafogo estava à vontade e foi o dono do primeiro tempo. Bem compactado e marcando bem, a equipe de Paulo Autuori criou as principais chances e só não foi para o intervalo vencendo porque a arbitragem marcou um pênalti bastante discutível de Benevenuto em Jô, que Fagner cobrou para abrir o placar para o Corinthians, aos 11.

Antes, porém, o Botafogo já havia chegado duas vezes com perigo em chutes de Bruno Nazário. E foi o próprio camisa 10 alvinegro o responsável pelo empate, aos 21, em boa cobrança de falta, contando com falha de Cássio.

"Vi que ele estava um pouquinho para a esquerda e fui feliz em fazer o gol", comemorou Bruno Nazário em entrevista ao Premiere. Ele marcou pela primeira vez neste Brasileiro.

O Botafogo seguiu buscando a virada, mas faltava acertar o último passe para Babi e Kalou. Na melhor jogada do time, com troca de passes, Caio Alexandre isolou. Ainda assim, o Glorioso chegou principalmente em chutes de fora da área: Honda mandou rente ao gol duas vezes. Na defesa, nenhum susto.

Logo na volta do segundo tempo, o Botafogo poderia ter virado, mas Caio Alexandre furou após cruzamento de Babi. O time seguiu melhor em campo, só que o Corinthians começou a chegar um pouco mais e quase marcou o segundo gol. Primeiro com Jô, que girou na área e mandou na trave, aos 19. E, na sequência, com Otero cobrando falta que Gatito por pouco não levou um frango.

Com as substituições do Corinthians e o cansaço dos jogadores, o Botafogo estava em seu pior momento no jogo quando conseguiu a virada. Rhuan, que entrou no lugar de Nazário, achou Kalou na área e o marfinense, mesmo sem pernas, conseguiu marcar seu primeiro gol com a camisa alvinegra, aos 29.

Dois minutos depois, em falha defensiva, Otero subiu sozinho e chegou a marcar de cabeça. Por sorte, a arbitragem, com o auxílio do VAR, anulou o gol ao ver falta de Jô em Benevenuto no lance. Gatito ainda salvou em grande defesa após cabeçada de Danilo Avelar, mas nada pôde fazer quando Jô finalizou sozinho aos 48 minutos para empatar.

Galeria de Fotos

Kalou celebra com os companheiros o seu primeiro gol com a camisa alvinegra Vitor Silva/Botafogo
Corinthians x Botafogo Vítor Silva/ BFR
Kalou chuta e faz o segundo gol do Botafogo contra o Corinthians Vitor Silva/Botafogo/Divulgação

Comentários