Lecaros  - Vítor Silva/Botafogo
Lecaros Vítor Silva/Botafogo
Por O Dia
Rio - O Botafogo foi obrigado a pagar a pagar U$ 1,4 milhão ao Cusco (PER), clube formador do atacante Lecaros. As informações são do "globoesporte.com".
Publicidade
O atacante estava em fim de contrato com Real Garcilaso, cujo mudou o nome par Cusco, quando o Alvinegro acertou a sua contratação, no início deste ano. No entanto, por se tratar de uma transferência internacional e Lecaros ter menos de 23 anos, a indenização do clube formador é aplicada. O que segundo o "GE", não era do entendimento do clube brasileiro.
O Botafogo foi acionado pelo Cusco para cumprir o mecanismo de solidariedade da Fifa e pagou U$ 250 mil (cerca de R$ 1,4 milhão). O valor pago saiu da venda de Luiz Henrique ao Olympique de Marselha, da França.