Presidente Nelson Mufarrej  - Vitor Silva / SSPress / Botafogo
Presidente Nelson Mufarrej Vitor Silva / SSPress / Botafogo
Por O Dia
Rio - À beira da zona de rebaixamento no Brasileirão, a equipe perdeu para o Cuiabá, no jogo de ida da Copa do Brasil, no Nilton Santos, na última terça. A situação ficou insustentável para Bruno Lazaroni, que acabou desligado do cargo de treinador nesta quarta-feira. No 'Troca de Passes', o comentarista Raphael Rezende analisou o momento do clube na temporada.
Publicidade

"As opções não trazem uma expectativa de avanço para a temporada. Há uma limitação, um teto claro, a questão é tentar tirar mais desse elenco. Não tem muito para onde correr. Não tem como garantir que (os que chegaram) vão dar resposta regular e por período grande durante os jogos", disse Raphael, antes de complementar:

"Rhuan tem sido titular, Lecaros o contexto do jogo influenciou, se fosse no início, mais arrastado, com Cuiabá posicionado, teria ficado no ritmo do jogo. Ele não teria modificado o ritmo da partida. Atuou em um momento muito específico de ataque contra defesa, no primeiro tempo sofreria também", encerrou o comentarista do 'SporTV'.