O atacante Pedro Raul, em cobrança de pênalti, fez o gol do Botafogo na Vila Belmiro - Vitor Silva / Botafogo / Divulgação
O atacante Pedro Raul, em cobrança de pênalti, fez o gol do Botafogo na Vila BelmiroVitor Silva / Botafogo / Divulgação
Por O Dia
Rio - Responsável pelo gol do Botafogo na tarde deste domingo, na derrota por 2 x 1 para o Santos, em partida válida pela 30ª rodada do Brasileirão, o atacante Pedro Raul se irritou do banco de reservas do Glorioso assim que o juiz da partida, Leandro Pedro Vuaden, apitou o fim de jogo.
Felipe Brisolla, jornalista que estava trabalhando na transmissão do Premiere, relatou ao narrador Odinei Ribeiro que o centroavante do Fogão deixou o campo reclamando muito com os colegas de equipe.
Publicidade
"Um destaque aqui do banco de reservas: Pedro Raul, assim que terminou a partida, Odinei, levantou e disse: “Depois não adianta ficar com a cabeça baixa”. Reclamou bastante com os jogadores do Botafogo. Ele estava bastante irritado mesmo ao final da partida", revelou.