Durcesio Mello: prazo adiado - Vitor Silva/Botafogo
Durcesio Mello: prazo adiadoVitor Silva/Botafogo
Por O Dia
Rio - Um dia após o terceiro rebaixamento do Botafogo, o atual presidente do clube, Durcesio Mello se posicionou publicamente e falou com os torcedores sobre o momento que o time está vivendo. O mandatário lamentou a queda, mas prometeu muito trabalho e se disse esperançoso quanto a reconstrução do clube, no qual ele vai estar de frente pelos próximos quatro anos.
"Botafoguenses, quero aproveitar esse momento pois é necessário um posicionamento pelo que está acontecendo. O Botafogo vive um dos momentos mais tristes de sua história, que culminou com rebaixamento. Foram muitos erros dentro e fora de campo. Precisamos olhar para a frente, a instituição Botafogo é muito grande e vai voltar a ter destaque. Cabe a mim como presidente liderar esse processo com muito profissionalismo e um sólido planejamento. Estamos criando nova cultura interna e rompendo com o que não deu certo no passado", afirmou Durcésio à Botafogo TV.
Publicidade
"Terei profissionais altamente qualificados ao meu lado com metas bem definidas. Prometo total empenho para fazer esse novo Botafogo, que se inicia agora. A crise é uma janela de oportunidades, que vai poder dar novas versões para nós, para construirmos um Botafogo mais forte. Nas crises você tem as melhores oportunidades para reconstruir. É o que vamos fazer para dar alegrias aos torcedores, com Botafogo mais forte e estruturado no futuro. Como eu, hoje o torcedor do Botafogo está muito triste e inconformado, com toda razão, mas vamos reconstruir esse Botafogo. Vamos precisar da união de todos", concluiu.
O Vice-Presidente do clube, Vinicius Assumpção, também se posicionou e convocou a torcida para ajudar o clube.
Publicidade
"Nesse momento de extrema dor e decepção, gostaria de me dirigir à torcida mais apaixonada desse país, que é a do Botafogo, e mandar mensagem que estamos trabalhando com muito profissionalismo e dedicação para esse momento jamais voltar a ocorrer. Para isso faço convocação, vamos precisar da ajuda de vocês todos. Essa gestão sozinha não vai conseguir recuperar o Botafogo. O Botafogo é grande porque tem torcida apaixonada e que sempre esteve ao lado. Vamos juntos construir o Botafogo que a gente quer e sonha", completou.