Mais Lidas

Gabriel vive dilema com vaga na Seleção

Volante pode perder início do Brasileiro

Por fabio.klotz

No início do ano passado, Gabriel subiu para os profissionais sem muito estardalhaço para treinar improvisado como uma opção ao lateral-direito Lucas. A lesão de Marcelo Mattos fez o técnico Oswaldo de Oliveira perceber que tinha em Gabriel todo o poder de marcação que precisava para a posição de primeiro volante, quando o titular não podia jogar normalmente.

Gabriel deixa decisão para comissão técnicaDivulgação

Dezessete meses depois, Gabriel é campeão estadual e figura importantíssima no esquema tático do treinador, que o apelidou carinhosamente de ‘Pitbulzinho’, por ‘morder’ os adversários.

O garoto vive um dilema. Convocado para a seleção brasileira sub-20, não sabe se poderá atuar com a camisa amarela. Por causa do calendário, caso Gabriel atenda ao chamado, perderá todas as partidas do Campeonato Brasileiro antes da parada para a Copa das Confederações.

“Fico feliz por ser lembrado. Ainda não sei o que vai ser feito. Se for, são cinco jogos do Campeonato Brasileiro que vou perder. A comissão técnica vai decidir o que for melhor para mim e para o Botafogo”, disse, evitando polemizar sobre o assunto.

DEMORA PARA VOLTAR

Gabriel começou o ano no departamento médico. Por causa de uma lesão na coxa direita contra o Flamengo na última rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, o volante só foi atuar na rodada final da fase de classificação da Taça Guanabara, contra o Boavista, justamente quando o Botafogo iniciou sua sequência sem derrotas, que já dura 15 partidas.

“Preciso estar bem fisicamente. O ano começou complicado. Por causa da lesão contra o Flamengo comecei o ano no departamento médico. Só joguei no fim da Taça Guanabara. Foram apenas três partidas, contra Boavista, Flamengo e Vasco, e só na última estava cem por cento”, revelou o volante alvinegro.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia