Risco de um time carioca cair já está em 87%

Vasco tem que fazer campanha de campeão e Flu precisa de mais da metade dos pontos

Por rafael.arantes

Rio - O futebol carioca tem 87% de chances de perder um representante na Série A do Campeonato Brasileiro. De acordo com cálculos do matemático Tristão Garcia, esse é o risco de Vasco ou Fluminense cair à Segunda Divisão neste ano.

Segundo ele, as derrotas para Ponte Preta e Vitória na última rodada complicaram em muito a situação das duas equipes. Em 18º lugar, com 33 pontos, o Gigante da Colina foi superado pela própria Ponte Preta na tabela e viu as chances de ser rebaixado subirem para 71%. Já o Tricolor carioca foi ultrapassado pelo Bahia e, com 36 pontos, na 16ª posição, tem 35% de risco de não escapar da degola.

Situação do Vasco é complicada no BrasileirãoMárcio Mercante / Agência O Dia

Nas contas de Tristão Garcia, as chances de as duas equipes conseguirem se manter na Série A são de apenas 13%. Já o risco de as duas caírem é inferior a 20%.

A situação do Vasco é bem mais complicada do que a do Fluminense. Nos cálculos do matemático, 47 pontos serão suficientes para um time escapar do rebaixamento, o que exigiria do Gigante da Colina aproveitamento de campeão a partir de agora — 14 pontos a conquistar dos 21 em disputa, ou dois por jogo, o equivalente a 66,6%.

Para o Tricolor, faltam 11 pontos, o que exigiria um aproveitamento de 52%. O problema é que, nos últimos sete jogos, o Fluminense só ganhou três pontos, ou 14,2% de aproveitamento.

Com 41 pontos, em 11º lugar no Brasileirão, o Flamengo ainda não se garantiu na Série A, mas está muito perto disso. O Rubro-Negro tem somente 3% de risco de rebaixamento. Para escapar de vez da degola, precisa de apenas mais duas vitórias. E ainda pode chegar à Libertadores pelo atalho da Copa do Brasil.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia