Fluminense x Vasco: Quem vai para o buraco?

Coveiros vascaíno e tricolor secam rivais para seus times fugirem da Série B

Por pedro.logato

Rio - Se depender de uma dupla de coveiros, o time rival vai partir desta para melhor na última rodada do Campeonato Brasileiro. Funcionários do Cemitério São Francisco Xavier, no bairro do Caju, o vascaíno Leandro Gomes e o tricolor Thiago Cardoso querem enterrar o adversário sete palmos abaixo da terra para comemorar junto com o seu clube de coração o alívio de permanecer na elite do futebol nacional, em 2014.

Coveiro há seis anos, Leandro, de 27, não esconde a preocupação ao falar sobre o duelo entre Vasco e Atlético-PR — terceiro colocado —, domingo, em Joinville. Para ele será uma verdadeira guerra, onde o Gigante da Colina terá que se superar para não fechar os olhos para a Série A no ano que vem.

Pelo menos um Carioca vai jogar a Série B em 2014André Mourão / Agência O Dia

“É complicado. Os caras deixaram o time à beira da morte e agora terão que dar a vida para ganhar do Furacão lá. Espero que a gente se salve”, disse o coveiro vascaíno, enquanto tentava calcular uma combinação de resultados que fará o Vasco escapar da degola.

Thiago, de 30 anos, trabalha há cinco no cemitério e conta que já sepultou muito caixão com a bandeira do Fluminense. Apesar de admitir que para ele é indiferente, espera que a cena não se repita com o time tricolor no fim do campeonato nacional.

“No início, era complicado trabalhar aqui, mas hoje já me acostumei. O que mais tem aqui é torcedor morto. Ontem mesmo enterramos um flamenguista e um tricolor. Só espero que isso não aconteça com o Fluzão, domingo. É só ganhar do Bahia e rezar muito”, lembrou Thiago Cardoso.O coveiro tricolor aproveitou para provocar o amigo vascaíno e disparou.

“Confio no Tricolor, mesmo sem o Fred. Qualquer um que marcar o gol tá valendo. O importante é que vamos ganhar e jogar o Vasco ali”, provocou o tricolor, apontando para uma cova rasa.

O vascaíno não deixou por menos e devolveu na mesma moeda a provocação. “Vamos ver quem vai enterrar quem. Vai ser um gol de Bernardo e outro de Thalles. O Vasco é time da virada e o Fluminense vai jogar a Série B”, rebateu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia