Dança das cadeiras: Santos demite o técnico Oswaldo de Oliveira

Treinador deixa o comando do peixe após 44 jogos

Por edsel.britto

São Paulo - Oswaldo de Oliveira não é mais o técnico do Santos. A decisão pela demissão do treinador foi tomada nesta terça-feira em reunião do comitê de gestão do clube paulista. Além de Oswaldo, o auxilar Luiz Alberto e o analista de desempenho Gabriel Oliveira também se desligaram da equipe.

Oswaldo de Oliveira deixa o comando do Santos após 44 partidas a frente do timeDivulgação

O presidente do Santos Odílio Rodrigues foi o responsável por comunicar a Oswaldo o seu desligamento do clube e fez uma declaração oficial no site do Santos.

“Agradecemos ao treinador pelo seu empenho, seriedade e profissionalismo durante os oito meses em que esteve à frente da equipe e desejamos a ele muito êxito na sua carreira”, declarou.

Os auxiliares Marcelo Fernandes e Edinho irão comandar as atividades desta terça-feira no CT Rei Pelé. Em sua terceira passagem pelo Clube, Oswaldo de Oliveira comandou o time em 44 jogos com 25 vitórias, nove empates e 10 derrotas, com aproveitamento de quase 64%.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia