Técnico corintiano dispara contra arbitragem por lance que favoreceu o Flamengo

Carille fez críticas ao trio no jogo no Itaquerão: 'É uma vergonha'

Por O Dia

São Paulo - Sempre equilibrado quando o assunto é arbitragem, o técnico Fábio Carille não se aguentou e criticou a atuação do árbitro Ricardo Marques Ribeiro e de seu auxiliar Pablo Almeida da Costa, que marcaram erroneamente um impedimento de Jô no lance que iria abrir o placar no Itaquerão, neste domingo, em São Paulo. Após o empate por 1 a 1 com o Flamengo, o treinador protestou. 

"O erro de hoje (domingo) não dá. É uma vergonha. Se você faz 2 a 0 em um jogo como esse, muda tudo. Gols mudam a história de um jogo", reclamou o comandante. Carille ainda ressaltou que, em vez de falarem em tecnologia no futebol, deveriam investir em melhores condições para os árbitros trabalharem. "Não gosto de falar de arbitragem, mas existem falhas e erros como o de hoje, que não podem acontecer. Fiz questão de ver no intervalo do jogo e não tem que se preocupar com tecnologia, tem que preparar os profissionais melhor. Foi um erro feio", protestou. 

Fábio Carille se irritou com a arbitragemDivulgação

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, também criticou a arbitragem e prometeu entrar em contato com a CBF para formalizar uma reclamação. "O que resta é pegar o telefone e reclamar. O Flamengo tem um timaço e não precisava disso. Era só fazer as coisas direito. Erro faz parte, mas o que aconteceu não foi duvidoso. Era muito fácil apitar um lance como esse. Você fica indignado mesmo. Não é possível que um lance daquele, para quem é assistente profissional, se enganar", protestou. 

O dirigente corintiano acredita que o problema com as arbitragens não se resume a uma perseguição contra o Corinthians, mas também exaltou a necessidade de melhoria na qualidade dos árbitros de forma geral. "Não precisa deixar de trabalhar, tem de melhorar a arbitragem em um todo. Não só a favor do Corinthians, não. Toda rodada você vê problema de arbitragem. Não falo em má-fé, pois seria leviano", concluiu.

EMPATE 'AMARGO'

Já o zagueiro Balbuena comentou sobre o resultado de maneira confirmada ao elogiar o elenco flamenguista, mas admitiu que foi um pouco decepcionante não ter vencido.

"Empatar em casa sempre tem um sabor amargo, mas pela qualidade do Flamengo, acaba até sendo um bom resultado. O Flamengo tem um elenco forte e experiente", analisou o defensor, que destacou a qualidade da partida. "Não tem jogo fácil no Brasileiro. Pelo menos, foi uma grande partida e agora temos que descansar e nos preparar bem para a sequência dos jogos."

Carille acredita que os erros de passe foram preponderantes para o time levar sufoco na etapa final. "A gente errou muito passe no segundo tempo e o Flamengo cresceu. A gente teve dificuldade para sair jogando de trás e o Flamengo jogou no nosso campo na maior parte do segundo tempo", comentou o treinador. 

Apesar do empate e do sufoco, Carille acredita que o time já teve atuações piores. "Peguem o segundo tempo da partida contra o Cruzeiro", lembrou o treinador, se referindo ao jogo em que o Corinthians venceu por 1 a 0, gol de Balbuena. Na ocasião, a equipe alvinegra também sofreu com a pressão do adversário.