Flamengo vence o Vasco em jogo marcado por arbitragem polêmica

Assistente da linha de fundo errou ao não marcar gol legítimo de Douglas, do Gigante da Colina

Por bernardo.argento

Rio - Não faltou polêmica no clássico dos milhões. O jogo terminou com a vitória rubro-negra por 2 a 1, mas os protagonistas da partida não foram os jogadores de Vasco e Flamengo. A arbitragem roubou a cena ao não validar um gol legítimo do Gigante da Colina, em cobrança de falta de Douglas, e validar um gol de Elano da mesma maneira.

Com o resultado, o clube da Gávea continuou na vice-liderança do Campeonato Carioca. Já o Cruzmaltino caiu para quarta posição. 

>>>GALERIA: Confira as imagens da partida entre Vasco e Flamengo

Juiz errou ao não dar gol de Douglas em cobrança de falta João Laet / Agência O Dia

O JOGO

O clássico dos milhões começou com Rafael Nadal dando o pontapé inicial da partida. Quando a bola rolou, o Vasco começou buscando mais o ataque. Aos 11, Douglas cobrou falta com precisão, a bola bateu no travessão e entrou. O árbitro errou no lance e deixou a jogada seguir. O Flamengo respondeu logo depois. Cáceres lançou Léo Moura, Martin Silva chegou no abafa e conseguiu afastar.

O Gigante da Colina era perigoso nas bolas paradas. Aos 23, o goleiro rubro-negro fez boa defesa após cobrança de falta de Fellipe Bastos. O Cruzmaltino estava melhor postado em campo, tendo mais posse de bola e dominando as ações do jogo. O clube da Gávea tentava chegar nos contra-ataques. Aos 29, Douglas levantou na área, mas Edmilson testou para fora.

O Vasco conseguiu transformar o domínio dentro das quatros linhas em gol, aos 36 minutos, após bela jogada do camisa 10 do time. O meia avançou pela ponta esquerda, invadiu a área, e deu passe açucarado para Fellipe Bastos completar para o fundo das redes. A torcida cruzmaltina comemorou pouco.

Três minutos depois, Elano deixou tudo igual em cobrança de falta. Martin Silva chegou a defender a bola, mas ela já tinha ultrapassado a linha. Dessa vez, o árbitro não falhou e anotou o tento. Os vascaínos ficaram desesperados e reclamaram muito com o assistente de linha de fundo. No fim do primeiro tempo, mais insatisfação. Na saída de campo, o zagueiro Rodrigo se exaltou com a arbitragem e por pouco não foi expulso.

Passada toda a polêmica da primeira etapa, o panorama continuou o mesmo, com O Vasco sendo melhor no jogo e tomando a inciativa. Aos 8, Diego Renan bateu de fora da área e Felipe espalmou. O técnico de Jayme de Almeida, insatisfeito com a atuação do Fla, resolver mexer na equipe e fez duas substituições de uma só vez. Muralha deu lugar a Amaral. Gabriel entrou no lugar de Lucas Mugni. Adilson respondeu promevendo a entrada de William Barbio na posição de Everton Costa.

A partida ganhou em intensidade, os dois times passaram a buscar o ataque. O Flamengo assustou aos 17 minutos. Em um rápido contragolpe, Elano recebeu a bola sozinho na grande área, mas chutou na rede pelo lado de fora. As alterações surtiram feito e o Rubro-Negro equilibrou o duelo, com boas chances para os dois lados. Primeiro, Léo Moura chegou com perigo pela direita e foi travado na hora do chute. Na sobra, William Barbio puxou o contra-ataque. Depois de ser desarmado, a bola terminou nos pés de Bastos. O volante passou para Douglas, que errou a batida.

O Flamengo criava as oportunidades, mas pecava no momento de definir a jogada. Aos 37, Hernane apareceu cara a cara com Martin Silva, mas não conseguiu pegar bem na bola e desperdiçou uma grande chance. Três minutos depois, Everton foi lançado por Alecsandro, Rodrigou chegou com tudo e a bola quase entrou após o bate-rebate. O Rubro-Negro não falhou na terceira oportunidade. Aos 44, Gabriel avançou pela direita, trouxe para o meio e bateu sem chances para o goleiro: 2 a 1. O Vasco ainda tentou uma pressão no final, mas sem sucesso. Festa rubro-negra no Maracanã. 

VASCO X FLAMENGO

Estádio: Maracanã

Árbitro: Eduardo Cordeiro Guimarães

Cartões Amarelos: Felipe Bastos (Vasco) Diego Renan (Vasco), Wallace (Flamengo), Felipe (Flamengo), André Santos (Flamengo), Guiñazu (Vasco), Aranda (Vasco)

Cartões Vermelhos:

Gols: Fellipe Bastos (Vasco), Elano (Flamengo), Gabriel (Flamengo)

Vasco: Martín Silva, André Rocha, Luan, Rodrigo e Diego Renan; Guiñazu, Aranda, Felipe Bastos e Douglas; Everton Costa e Edmilson

Flamengo: Felipe; Leonardo Moura, Wallace, Samir e André Santos; Victor Cáceres, Amaral, Elano, Lucas Mugni e Éverton; Hernane

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia