Argentina vence o Catar em Porto Alegre e pegará a Venezuela nas quartas

Hermanos derrotaram os adversários deste domingo, na última rodada do Grupo B, por 2 a 0, e selaram vaga nas quartas de final na competição. Próximo jogo será na sexta-feira

Por Lance

Argentina pegará a Venezuela nas quartas da Copa América
Argentina pegará a Venezuela nas quartas da Copa América -
Depois de sustos, o alívio. Precisando da vitória para avançar sem precisar de outros resultados, a Argentina entrou em campo na tarde deste domingo, diante do Qatar, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS), e derrotou por 2 a 0. Estes três pontos fizeram os hermanos garantirem a vaga nas quartas de final da Copa América. Lautaro Martínez e Agüero fizeram os gols.

Com o resultado, a Argentina garantiu o segundo lugar do Grupo B, com quatro pontos, e pegará a Venezuela, sexta-feira, no Maracanã, pelas quartas de final da Copa América. O Qatar, com um ponto, na lanterna, está eliminado. A Colômbia terminou a fase de grupos na liderança, com nove pontos, e o Paraguai, em terceiro, com dois pontos, aguarda o fim da fase para ver se conseguirá se classificar como um dos melhores terceiros lugares.
RELÂMPAGO!
Por conta da necessidade da vitória para garantir a classificação à próxima fase da Copa América sem depender de uma combinação de resultados dos adversários dos demais grupos, a Argentina começou elétrica a partida diante do Qatar. Conseguindo, inclusive, um gol relâmpago para ficar mais tranquila no jogo: aos três minutos, Lautaro Martínez bateu colocado no gol defendido por Al-Sheeb, aproveitando saída errada do zagueiro Hisham. Hermanos na frente, 1 a 0.

DANDO ESPAÇOS...
Os hermanos, ofensivos, levavam bastante perigo ao Qatar. Mas, de novo, deram espaços no setor defensivo. O Qatar passou a avançar ao ataque, aproveitando estas falhas que eram cometidas pela Argentina, conseguindo criar oportunidades de gol. Isto foi visto aos 17, com Al-Haydos, e no minuto seguinte, com Almoez Ali. Agüero teve uma chance de ampliar na metade da etapa inicial, mas desperdiçou. Jogo prosseguiu para o intervalo, em aberto, com a vitória parcial dos argentinos.

NO MESMO RITMO
Na volta para o segundo tempo, o jogo se manteve no ritmo disputado na etapa inicial. A Argentina, liderada por Messi, sabia de sua qualidade e superioridade em relação ao Qatar, que tentava arriscar em lances isolados, aproveitando os espaços na defesa hermana. A partida seguia sem muitos sustos para ambas as seleções, até aos 16 e 21 minutos, quando o goleiro Al-Sheeb fez grandes defesas, no reflexo, em chegada de Agüero. Akram Afif, aos 24, também levaria perigo.

PARA SELAR A VAGA
Com o decorrer da partida, se aproximando do fim, a Argentina se arriscava mais em busca do gol para ampliar a vitória e, consequentemente, selar a vaga na próxima fase. Depois de algumas tentativas, conseguiu aos 36 minutos. Após receber da intermediária, Agüero arrancou com velocidade para o ataque, passou pela marcação com facilidade e mandou com frieza para o fundo das redes. Vitória consolidada por 2 a 0 para os hermanos, que vão para as quartas de final. Agora, sem chance de erro, pois o mata-mata irá começar.

FICHA TÉCNICA
QATAR 0 X 2 ARGENTINA

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data/hora: 23/6/2019 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Julio Gonzalez Bascuñan (CHI) - Nota LANCE!: 7,0 (não influenciou o resultado, conduzindo bem a partida)
Auxiliares: Christian Alonso Schiemann (CHI) e Claudio Ortiz Rios (CHI)
Árbitro de vídeo: Roberto Vargas Tobar (CHI)
Público/renda: 39.100 pagantes/R$ 7.901.700,00
Cartões amarelos: Lo Celso, Foyth, Abdulsalam (ARG) e Almoez Ali, Boudiaf (QAT)
Cartão vermelho: -

GOLS: Lautaro Martínez 3'/1ºT (0-1) e Agüero 36'/2ºT (0-2)

QATAR: Al-Sheeb, Pedro Miguel (Ismaeil 39'/2ºT), Hisham, Khoukhi, Salman e Al Hajri (Abdulsalam 31'/2ºT); Boudiaf, Al-Haydos e Hatem; Akram Afif e Almoez Alli. Técnico: Félix Sánchez.

ARGENTINA: Armani, Saravia, Foyth (Pezzella 39'/2ºT), Otamendi e Tagliafico; Paredes, Lo Celso (Acuña 9'/2ºT) e De Paul; Lionel Messi, Lautaro Martínez (Dybala 30'/2ºT) e Agüero. Técnico: Lionel Scaloni.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários