Mais Lidas

Apostando em defesa forte, Suíça quer ficar entre as grandes seleções do Mundo

Sem grandes nomes de destaque, La Nati quer repetir boa campanha de 1950 no Brasil

Por pedro.logato

Rio - Após onze campanhas em Copas do mundo que não chamaram a atenção do mundo do futebol. A seleção suíça ganhou notoriedade mundial na Copa de 2006, quando mesmo eliminada nas oitavas de final pela Ucrânia nos pênaltis, não sofreu nenhum gol durante a sua participação, feito inédito na história da competição.

Agora, com alguns remanescentes daquela geração, La Nati tenta fazer uma campanha melhor que da Copa de 2010, quando foi eliminada na fase de grupos do torneio.

Suíça vai disputar a Copa do Mundo de 2014Reuters

O Cara da Suíça

Mostrando que a sua principal arma é a defesa, o cara da seleção turca é um volante. Um dos principas nomes do Napoli, que voltou aos bons tempos de lutar pelas primeiras posições do Campeonato Italiano, Inler é um dos carregadores de piano do time do Sul da Bota e principal responsável pela proteção da defesa da equipe. Revelado pela Udinese, o jogador logo se transferiu para os Azzurri a pedido do técnico Walter Mazzarri .

História da Suíça nas Copas

A melhor campanha da história da seleção suíça no Mundial foi em 1950 no Brasil, em uma competição de várias surpresas e zebras a suíça foi mais uma. Com um grande time, La Nati caiu na fase inicial da competição em um grupo que também tinha Brasil, Iugoslávia e México. Mas a campanha mais recente que todos os que gostam de futebol lembram é a de 2006, quando a seleção foi eliminada sem sofrer nenhum gol.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia