Dilma evita polêmica com Blatter e afirma: 'Faremos a Copa das Copas'

Presidenta mostra otimismo com a preparação para o Mundial

Por O Dia

Rio - A presidenta Dilma Rousseff evitou entrar em polêmica com Joseph Blatter, mandatário da Fifa. Blatter criticou o atraso nas obras para a Copa do Mundo e disse que o Brasil começou a se preparar tarde. Nesta segunda-feira, Dilma não entrou em atrito e disse que o mundo confia no país.

"A procura por ingressos para os jogos - a maior em todas as Copas - mostra que torcedores do mundo inteiro confiam no Brasil. Amamos o futebol e por isso recebemos esta Copa com orgulho, e faremos dela a Copa das Copas", postou.

Dilma ainda exaltou o Brasil e a máxima de que o é o país do futebol.

"No Brasil, a Copa estará em casa, pois este é o país do futebol. Todos os que vierem ao Brasil serão bem recebidos, porque somos alegres e acolhedores. Esta será a Copa de 12 cidades-sedes, da Floresta Amazônica aos pampas gaúchos, das montanhas de Minas às praias cariocas, das dunas do Nordeste à metrópole de São Paulo. Os turistas terão oportunidades de conhecer este país multicultural e batalhador", defendeu Dilma.

Últimas de _legado_Copa do Mundo