Mais Lidas

Dilma culpa Fifa por atrasos e gastos na Copa do Mundo

Presidenta disse que foi a entidade de futebol quem garantiu o financiamento privado nos estádios do Mundial

Por victor.abreu

Brasília - A oito dias do pontapé inicial da Copa do Mundo, na Arena Corinthians, em São Paulo, a presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, fez questão de dividir com a Fifa a responsabilidade nos atrasos e com o custos elevados dos estádio e obras realizados no país para o Mundial.

Presidenta do Brasil não poupou críticas à FifaReuters

Em um encontro com jornalista, na última terça-feira, em Brasília, Dilma recordou que em 2007, quando o Brasil ganhou a eleição para ser sede da Copa-2014, foi a Fifa quem garantiu que os estádios teriam financiamientos privados. Mas depois, o poder executivo brasileiro constatou que tais verbas não dariam 'nem para metade', nas palavras da Chefe de Estado.

O Governo teve que cobrir a falta de investimentos privados com verbas públicas. Mas a presidenta fez questão de deixar claro que grande parte deste dinheiro foi usado, também, nas áreas de modernização dos aeroportos e nas obras que envolviam projetos de mobilidade urbana.

Com quatro estádio, dos 12, ainda por terminar, Dilma aproveitou para afirmar que algumas destas obras não estarão prontas até o início da Copa do Mundo. As próprias Arenas podem entrar na lista de 'em conclusão' da presidenta.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia