Por rafael.arantes

Teresópolis - A preparação da Seleção está de volta e alegrando Fred. O atacante da equipe de Felipão não esconde a felicidade com todo o momento que vem passando antes do início da Copa e garante que o tempo de trabalho está sendo perfeito para que o time possa chegar no Mundial com o desempenho na melhor maneira possível. Na coletiva deste domingo, o jogador não escondeu as opiniões e garantiu que tudo que o grupo precisava está sendo encontrado nesse período que antecede o Mundial.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da seleção brasileira na Copa do Mundo

"Foram duas semanas muitos boas para gente até porque houve vários erros e que agora temos tempos de corrigirmos. É bom termos conhecimento e saber analisar o que o Parreira e o Felipão estão pedindo para a gente. Encontrar saídas muito boas para gente. Esse tempo de preparação é muito bom para gente encontrar a carga de treinamento também necessária. Foram duas semanas muito bem feitas", disse.

Fred também não esconde a alegria por todos os momentos que marcam a reta final de preparação da seleção brasileira. O foco é total na busca pelo hexa: "Estou contente e feliz com o que vem acontecendo e estamos mostrando. Está tudo dentro do normal. Não tem como enganar que estamos 100%, vamos chegar nesse ponto lá na competição. Hoje está bom do jeito que está, mas temos que evoluir para o jogo da estreia e crescer dentro da Copa".

Fred exalta preparação da Seleção%3A 'Duas semanas perfeitas'Divulgação

Foco nas bolas paradas

Defensivamente somos fortes, temos estaturas boas e como vamos encontrar jogos contra equipes fechadas sabemos que bola parada pode fazer a diferença. Nas últimas Copas do Mundo vimos o quanto as bolas paradas podem fazer essa diferença. Temos que focar nisso também porque sabemos que pode ser muito importante para a gente. Vi que o Felipão falou que temos que melhorar e isso só acontece trabalhando.

Gol contra a Sérvia

Bom é. É melhor porque eu estou aqui hoje para dar entrevista porque se eu não tivesse feito eu estava morto (risos). Eu sempre busco gols ou jogar bem e dar um passe. Sei que tenho que estar preparado para uma ou duas bolas, dependendo do rendimento da equipe. Quanto mais gol é sempre melhor, mas ter feito ou não esse gol não iria mudar porque nosso principal objetivo começa na quinta. O Felipão tem pedido para eu buscar a movimentação, ajudar a equipe no geral para ajudar todos a fazerem os gols. Se eu pudesse colocar como objetivo eu já queria fazer gol na quinta-feira e na próxima. Mas se não acontecer não tem problema. O objetivo maior sempre será ganhar os jogos.

Cobranças da torcida

Na verdade eu tenho o hábito de comemorar meus gols com a mão na orelha, mas a gente sempre houve se há cobrança. Antes dos jogos a gente esperava um pedido da torcida pelos jogadores do São Paulo pois eles têm uma história bonita na seleção brasileira também. Mas hoje não tem o Fred mineiro ou não. Hoje estamos com a camisa da Seleção. O que a gente pede para os torcedores é esse carinho e esse incentivo, porque são importantes para a gente.

A importância do centroavante

Graças a Deus o Felipão assumiu a Seleção e ele adora jogar com centroavante. Ele sempre me deu oportunidades e sempre demonstrou uma grande confiança em mim. Essa é uma posição que às vezes não pega muito na bola ou não tem uma qualidade tão grande como o Neymar de driblar e tal. Mas na hora que os jogos são mais difíceis, o centroavante é o jogador que está mais próximo do gol e é natural que o time inteiro vá buscar esse jogador como referência. Eu fiquei louco para começar a Copa do Mundo porque tenho certeza que todos os jogos serão difíceis e para o meu estilo de jogo serão jogos melhores. Acho que minha equipe vai acabar me tendo mais como referência.

Fred quer levar o Brasil ao hexaDivulgação

Tristeza por Fernandão

Cara, eu jogo com o Rafael Sobis, que praticamente, era um irmão do Fernandão. Tive um contato com ele na Seleção na despedida do Romário. Ali já deu para ver que era um jogador acima da média e com a cabeça diferenciada. Aquilo me marcou muito. Foi um contato rápido de dois dias mas já deu para conhecer muito. O futebol fala muita coisa. Quem é bom todo mundo sabe. E todo mundo só fala bem dele. Foi uma perda grande para todos nós que convivemos no futebol. Ele estava trabalhando como comentarista, foi treinador... Então a única mensagem é para que Deus conforte o coração dos familiares. Foi uma perda muito grande para todos nós.

Pressão em Neymar

Todo mundo sabe que o jogador que faz a diferença na nossa Seleção realmente é o Neymar. É um jogador especial e o mundo inteiro vai estar de olho nele. Os adversários vão marcar muito forte e quando as coisas estiverem muito difíceis ele sabe o quanto o grupo é forte. Temos jogadores muito bons que podem ajudar a Seleção a fazer algo diferente. A nossa Seleção está fazendo de tudo para jogar a bola no Neymar porque ele é o grande cara da nossa camisa.

Evolução pessoal

Acho que se eu não tivesse feito o que eu fiz quando mais novo não teria tanta vivência. Para conseguir experiência você precisa dar umas cabeçadas e para mim foi bom. Minha filha vai crescer e eu vou falar para ela 'não faz isso' e, mesmo assim, algumas coisas ela vai fazer. O que eu passei a fazer mais é respirar futebol. Sonhei a vida inteira poder disputar uma Copa do Mundo e, de repente, tive a chance de jogar uma Copa e então passei a fazer de tudo para chegar sempre 100% e dar o meu melhor.

Entrosamento pelos passes

Dependendo da situação tem jogos que dá para ir mais para o segundo pau ou outro lugar. A gente treina mundo e também conversamos muito com Marcelo, Maicon, Daniel Alves para saber a melhor movimentação que a gente vai fazer para algum tipo de bola lançada.

Meta de gols por partida

Não falei que queria fazer gol em todos os jogos.Eu falei que queria fazer gol sempre, como sempre quis. Na Copa do Mundo não é diferente, quero fazer gol sempre. Vou trabalhar para isso e vou estar dando a vida para tentar e ajudar a Seleção.

Relação com a Igreja

Sempre frequentei a Igreja, às vezes mais, outras menos. Meus momentos com Deus me dá uma paz muito grande. Mesmo quando não vou a Igreja faço minhas orações e isso sempre me faz bem.

Expectativa pela torcida em São Paulo

Sinceramente acho que não vai acontecer nada errado. Será um clima de festa, diferente até no nosso grupo. Então acho quase impossível acontecer algo negativo. Nossa experiência na Copa das Confederações já foi maravilhosa. Desde o hino até a passagem do ônibus pelas ruas. Tenho certeza que o povo paulista vai apoiar a gente da mesma maneira. E, se houver algo assim, nossa equipe precisa ter tranquilidade e não deixar nada interferir.

Ansiedade não atrapalha

Ansiedade existe sempre. Nossa camisa pesa e sempre estamos querendo começar logo. Sempre dará aquele frio na barriga natural, mas é uma coisa que na hora que o juiz apita passa. Você passa a ter olhos só para a bola. O chato para a ansiedade é aquele um dia antes da partida que você está pensando no jogo sempre.

Relação com o Fluminense

O contato é diário porque eu tenho muitos amigos lá. São cinco anos de clube. Na minha folga falei com tudos de lá. Hoje tenho rede social, whatsapp... A gente acaba se falando pelo menos duas ou três vezes no dia, desejando sorte para todo mundo. O Fluminense é o clube que abriu as portas para minha volta para o Brasil. Sou muito grato por tudo que fazem por mim e por isso demonstro tanto carinho que me deu tantas alegrias.

Experiência na Copa das Confederações

A Copa das Confederações serviu muito para a gente porque foi lá que resgatamos a confiança da imprensa e dos torcedores. Isso dá uma moral maior para a gente. Sabemos que o script será totalmente diferente na Copa do Mundo e também sabemos que faremos coisas muito diferentes para buscar o título.

Futuro após a Copa

O futuro só Deus sabe. Tenh ocontrato até o final de 2015 com o Fluminense e pretendo cumprí-lo.

Você pode gostar