Mais Lidas

Felipão se apoia no grupo para ser ainda mais forte na briga pelo sonhado hexa

Após perder sobrinho e cunhado às vésperas do Mundial, técnico garante que ambiente da Seleção o deixa de cabeça erguida: 'Deixo a tristeza de lado e olho para tudo isso aqui'

Por rafael.arantes

São Paulo - Os dias que antecedem a estreia do Brasil na Copa do Mundo deram para Felipão momentos de altos e baixos. Recentemente, o treinador viu o sobrinho e o cunhado falecerem e sofreu com a grande perda familiar. A tristeza, no entanto, não abala o comandante canarinho, que vê a Seleção como maior apoio para se manter forte e de cabeça erguida na luta pelo sonhado hexacampeonato.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da seleção brasileira na Copa do Mundo

"Dificuldades enfrentaremos sempre juntos. A vida segue. Faço o que tem de ser feito e, depois, sigo em frente. Encontro forças no grupo, no ambiente. Olhando para esses jogadores que se dedicam todo dia fico ainda mais forte. Estar no meio deles, corrigindo, conversando, sabendo que vamos melhorar... tudo faz bem. Deixo a tristeza de lado e olho a beleza de tudo que está acontecendo. Desde as chegadas aos aeroportas até esse momento que aportamos aqui na Arena Corinthians. É tudo lindo, muito lindo", disse Felipão.

As horas que antecedem a estreia no Mundial não parecem mesmo atormentar o treinador. Ansiedade é normal, mas Scolari promete não perder o sono antes do pontapé inicial na briga pelo hexa. Confiança e tranquilidade marcam o momento do comandante.

"Eu durmo bem. Digo sempre isso lá em casa! Não sei se faço outras coisas bem, mas dormir eu tenho certeza", brincou.

LEIA MAIS: Neymar descarta briga por artilharia e diz que só pensa no hexa

Felipão garante confiança no Brasil pelo hexa%3A 'Estão todos preparados'Divulgação

Versatilidade e dedicação do grupo

Essa Seleção de 2014 faz coisas diferentes, mas em prol da equipe. Muitos têm a personalidade de mudar algumas especialidades para ajudar o conjunto. O próprio Neymar, que está aqui do lado, não é um jogador de marcação, mas em determinados momentos se aplica ao máximo para colaborar nessa parte também.

Adversários alertas em Neymar

Se eu tivesse o Neymar do outro lado teria de preparar grandes pensamentos. Teria de arquitetar coisas além do nornal. Sabemos que o improviso e a forma que ele joga podem modificar as coisas a qualquer minuto. É preciso muita atenção.

Sem pressão no craque

Eu espero que o Neymar seja mais um. Espero, sinceramente, que ele pense assim. Sei que ele está passando essa mensagem a todos vocês de coração. Ele sendo mais um vai continuar fazendo a diferença, até porque é um craque. Ele sabe disso e é assim que tratamos todos os nossos jogadores.

LEIA MAIS: Campeão em 2002, Luizão vê Willian como diferencial do Brasil

Violência na marcação

Isso é assunto do árbitro. Ele tem de tomar conta. Quando alguém bater no adversário, que seja punido.

Craque da Copa?

O craque será o campeão. Não adianta ser o craque da Copa do Mundo se não for campeão. Esse é o objetivo de todas as equipes.

Objetivos pessoais

Só tento ser o treinador que sempre fui. Nunca fiz diferente em lugar nenhum, sempre fui assim. Aprendi e segui lições com excelentes técnicos que tive a oportunidade de trabalhar e jogar. Sou uma mistura de tudo isso.

A preparação do Brasil

Acho que se eu for montar uma estratégia de trabalho montaria da mesma forma como está sendo feito agora. Foi tudo muito bom. Evoluímos bastante, estávamos sem jogar juntos havia três meses e agora estamos pronto. Tivemos de alinhar muita coisa, mas tudo saiu perfeitamente. Estamos todos em condições de jogo e prontos para buscar o título.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia