Mais Lidas

Pirlo admite provável despedida da seleção italiana após a Copa do Mundo

Idade é fator determinante da decisão do craque: 'Seria inútil continuar, quero dar espaço aos mais jovens'

Por rafael.arantes

Rio - Um mito do futebol italiano pode se despedir da Seleção logo após a Copa. A entrevista coletiva de Pirlo nesta quarta-feira serviu para que o jogador admitisse a grande possibilidade de dar adeus à camisa da Itália após o Mundial. Aos 35 anos de idade, o maestro acredita que é chegada a hora dos atletas mais jovens começarem a ganhar mais espaço.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

"Penso de terminar depois do Mundial. Quando se chega a uma certa idade... Seria inútil continuar, quero dar espaço aos mais jovens. Mas, se precisarem, podem me chamar", disse.

Mesmo com o status de cérebro italiano, o jogador não vê a equipe de Prandelli presa ao seu futebol: "Não depende de mim. A Itália depende do time. São 23 jogadores. Para chegar longe, como em 2006, não basta só um jogador".

Às vésperas de estrear em mais uma Copa do Mundo e de contrato renovado com a Juventus por mais duas temporadas, o jogador admite que o patamar no qual chegou vai muito além do sonho inicial nos gramados: "Ser conhecido mundialmente nunca me interessou, queria só me divertir, jogar bola".

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia