Mais Lidas

Técnico dos EUA não crê em título da Copa: 'Falar sobre ganhar não é realista'

Klinsmann, por sua vez, não vê equipe norte-americana como zebra na Copa do Mundo: 'Estamos no grupo mais difícil'

Por rafael.arantes

São Paulo - A seleção dos Estados Unidos continua se preparando para a disputa da Copa do Mundo, mas parece que a pretensão não é das maiores. Durante entrevista coletiva nesta quarta-feira, o técnico Klinsmann deixou claro que não vê o título da Copa como um desejo muito real para a equipe norte-americana. De outro lado, ele não descarta qualquer possibilidade de "surpresas" no Mundial do Brasil.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

Técnico dos Estados Unidos não acredita em grandes surpresas%3A 'Temos de ser realistas'Efe

"Falar sobre ganhar uma Copa não é realista, mas em 2004 ninguém dizia que a Grécia seria campeã da Europa, e eles foram. A beleza do futebol é que ele é imprevisível, você não sabe o que vai acontecer. Temos sete jogos pela frente, é tudo que temos que fazer. E não precisamos vencer todos os sete, mas temos que ser realistas. Todos os anos estamos subindo um degrau, ficando grandes, fortes. Não nos vemos como zebra, embora muita gente nos coloque dessa forma", disse.

Sobre os duelos contra Alemanha, Portugal e Gana, na primeira fase, Klinsmann não hesita em citar o Grupo G como um dos mais complicados do Mundial.

"Provavelmente estamos no grupo mais difícil do Mundial, mas não somos estranhos. Se passarmos a primeira fase, o céu é o limite", completou.

A estreia dos Estados Unidos no Mundial acontece às 19h da próxima segunda-feira, contra a Gana. A partida acontece no Estádio das Dunas.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia