Por rafael.arantes

Rio - Chefe do departamento de comunicação da Fifa, Delia Fischer reforçou neste sábado, no Maracanã, que a entidade não havia detectado qualquer tipo de ameaça de manipulação para o jogo entre Brasil e Camarões, na segunda-feira, no Mané Garrincha, em Brasília.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da seleção brasileira na Copa do Mundo

Fifa não detecta ameaças de manipulação para jogo entre Brasil e CamarõesReuters

Na sexta-feira, quando a Fifa promoveu um briefing com o tema manipulação de resultados, o diretor de segurança da Fifa, Ralf Mutschke, afirmou que os últimos jogos da primeira fase estão mais sujeitos a isso do que partidas de maior apelo, como o jogo de abertura ou a final da Copa do Mundo.

Ontem, Fischer garantiu que o diretor de segurança falou em termos gerais a respeito da ameaça às últimas partidas da primeira fase, quando algumas equipes já estão eliminadas ou classificadas.

Você pode gostar