Por rodrigo.hang

Ceará - O cansaço extremo dos jogadores da Alemanha em Fortaleza ficou evidente neste sábado. Logo após o apito final no empate em 2 a 2 com Gana, muitos deles desabaram no gramado. Mas a influência do clima no resultado foi descartada pelo lateral Philipp Lahm, que tem jogado de volante nesta Copa do Mundo.

Klose salva a Alemanha, faz história e iguala recordes de Ronaldo e Pelé

Ganês Ayew e o capitão da Alemanha%2C Lahm%2C disputam lance durante confronto pelo Grupo G do MundialEfe

'Só quero ter uma boa participação', diz Klose ao igualar recorde de Ronaldo

"O tempo não tem nenhuma relação com isso. Nós conseguimos uma adaptação rápida com o clima daqui. O problema foi a agressividade do confronto. Foram 90 minutos cansativos. Gana nos deu espaço e impomos o nosso jogo, tocamos a bola e procuramos espaços. Porém, pecamos nos detalhes e eles foram determinantes para o resultado. São situações que precisam ser revistas", sintetizou.

VEJA MAIS: Confira a tabela e a classificação da Copa do Mundo

Analisando a partida contra Gana com mais afinco após o jogo, Lahm lamentou as situações desperdiçadas pela Alemanha, principalmente após as roubadas de bola.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

"Desde o primeiro minuto já tínhamos uma tática definida. Infelizmente, em determinados momentos, acabamos recuando. Tínhamos possibilidades de jogar mais no ataque, pressionar nos espaços cedidos, mas não fizemos. Porém, saímos de cabeça erguida", relatou.

O próximo compromisso alemão será nesta quinta-feira, às 13h, diante dos Estados Unidos. O palco do confronto é a Arena Pernambuco, no Recife.

Você pode gostar