Por pedro.logato

Amazonas - Jogar bem e vencer. Este é o lema de Portugal para a partida contra os Estados Unidos. O treinador luso chamou para ele a responsabilidade pela goleada sofrida pelo lusos na partida diante dos alemães, na estreia em Salvador. Paulo Bento admitiu que os americanos já levam vantagem por já terem vencido uma partida, mas garantiu que Portugal será uma equipe bastante forte e com chances de vitória contra os Estados Unidos, neste domingo.

Portugal enfrenta a seleção dos Estados Unidos, neste domingo, às 19h00 na Arena da Amazônia. Os lusitanos terminam sua participação na primeira fase do Mundial contra Gana no próximo dia 26, em Brasília às 13 horas.

Paulo Bento quer vitória portuguesa sobre os Estados UnidosEfe

Montagem da equipe

A questão de quatro ausências certas. Em segundo, a possibilidade de haver outra ausência que é Bruno, que não treinará. Definiremos amanhã. Tenho situação de Bruno, os outros dez definidos. O mais importante é que possam saber, que quem jogará já sabe. Isso é determinante.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

Pressão em todos

Portugal tem de pensar em ganhar. Antes de 2 a 0, tem de fazer o primeiro. Se tiver de correr risco, correremos. Equipe segura, vai procurar a melhor maneira de controlar o jogo. Se resolvermos a questão com o melhor do mundo será o erro. O fato de ter o melhor do mundo ajudou, mas foi rodeado de jogadores que ajudaram na Euro e nas Eliminatórias. Esforço tremendo para chegar até a Holçanda. Jogando como equipe, mas sabendo que a individualidade existe. Para chegar com Gana com possibilidades.

VEJA MAIS: Confira a tabela e a classificação da Copa do Mundo

Desafio

Time definido. A dúvida é Bruno, mas com possibilidade de jogar. Pouco tempo para trabalhar.Contrariar os pontos fortes do adversário e explorar nossa qualidade. Temos de ser uma equipe madura e saber que é possível que não corra bem. Sermos homens e solidários para dar uma resposta. 90 minutos para jogar e ganhar. Como dizem estamos entre a espada e a parede. Nos cabe reagir. Nenhum largará a espada. Estaremos mais perto de lutar pelo nosso primeiro objetivo.

Manaus

Único responsável pelo planejamento mundial, fui eu. Sabia há muito tempo da possibilidade de onde poderíamos ficar. Escolhemos os locais dentro da possibilidade da Fifa. Escolhi Campinas pelas condições treino, distância hotel e aeroporto e de potencializar ao máximo ao treino. Portugal perdeu por um conjunto de fatores com responsabilidade de nossa parte e do treinador.

Ataque

Joga Neto, caso Bruno não jogue. Não acho que na primeira parte da Alemanha tivemos capacidade para atacar. As chances criadas não dirvegem. Na segunda parte... Esforço tremendo, seriedade que mostramos é a que levaremos para o jogo de domingo. Temos de jogar. Com uma situação simples. Ou ganhamos ou começamos a arrumar as malas para voltar. Esse é o cenário. Não é um cenário que os portugueses não estejam habituados. julgo que amanhã teremos essa capacidade. Aqueles que tem de acreditar são os jogadores. Eles tem muito crédito, de 200, 2004 para cá. Nos resta lutar para aumentar esse crédito.

CR7 pressão

Quando cheguei, outubro de 2010. nunca colocaria sobre ele a responsabilidade de resolver. A responsabilidade individual é minha. Não será exceção no domingo. A eficácia contra Suécia, Irlanda, Holanda, República Tcheca, não me parece que esteja menos pressionado. Não colarei sobre ele ou outro jogador esse peso.

Estados Unidos

Temos de lidar com os nossos sentimentos, estrategia e organização.A nalisamos o adversário, pontos fortes e mais fracos. Sabemos que eles têm jogadores intensos, agressivos. Tem a vantagem de três pontos, jogam por dois resultados. O que interessa é como vamos encarar esse jogo.

Você pode gostar