Técnico da Alemanha diz que defender atual título é 'a missão mais difícil' da equipe

Em entrevista coletiva, Joachim Löw destacou ambição do elenco em busca do pentacampeonato. Estreia será contra México neste domingo

Por AFP

Joachim Löw em entrevista coletiva nese sábado
Joachim Löw em entrevista coletiva nese sábado -

Rússia - O técnico da seleção da Alemanha, Joachim Löw, afirmou que defender o título mundial conquistado há quatro anos no Brasil é "a missão mais difícil", neste sábado na véspera da estreia alemã na Copa do Mundo da Rússia contra o México, em Moscou. Nenhum país desde a seleção brasileira, em 1962, conseguiu ser bi-campão de maneira consecutiva. A outra equipe a alcançar tal feito foi a Itália, campeã em 1934 e 1938.

"É a missão mais difícil e a história nos mostra isso, ninguém em 60 anos conseguiu (...) A equipe se desenvolve e muda, os jogadores terminam suas carreiras e tenho que trazer novos jogadores, o que torna essa missão ainda mais difícil", declarou Löw em coletiva de imprensa realizada no estádio Luzhniky da capital russa.

Nove dos 23 jogadores convocados por Löw fizeram parte da equipe que conquistou o quarto título mundial da Alemanha há quatro anos, no Brasil. Entre as ausências mais significativas, as do ex-capitão Philipp Lahm, do meia Bastian Schweinsteiger e do centroavante Miroslav Klose.

"Enquanto tivermos fome e ambição, estaremos lá, é palpável entre os jogadores (..) A tensão está crescendo, é possível ver que é uma ocasião especial para eles. Não há momento mais importante para um jogador que estar em uma Copa, mas devemos nos concentrar em cada jogo e não pensar muito à frente", completou Löw, cuja equipe integra o Grupo F ao lado de México, Suécia e Coreia do Sul.

A seleção da Alemanha não costuma vacilar em jogos de estreia em Copas do Mundo. A equipe venceu os últimos sete confrontos iniciais e perdendo apenas uma vez (2 a 1 para a Argélia em 1982) em 18 participações.

"Só posso falar das vezes em que fui técnico, mas normalmente ganhamos o primeiro jogo no meu período aqui. Costumamos usar nossas fortalezas em campo, algo que está conectado com a confiança dos jogadores (...) T odos acreditem em si e no caminho que devemos recorrer juntos. Sempre é bom começar com uma vitória ", concluiu o treinador.