'Ninguém é campeão na primeira partida', diz Mario Gómez após derrota da Alemanha

Camisa 23 saiu do banco para tentar reverter o placar, mas passou em branco. Em entrevista coletiva, atacante lembrou título da Espanha em 2010, quando a 'Fúria' também estreou com derrota

Por O Dia

Mario Gómez deixa o campo cabisbaixo após derrota da Alemanha
Mario Gómez deixa o campo cabisbaixo após derrota da Alemanha -

Rússia - O atacante da Alemanha Mario Gómez admitiu que sua seleção jogou mal na derrota por 1 a 0 contra o México, na estreia da Copa da Rússia, mas pediu calma a equipe e destacou que "ninguém é campeão na primeira partida".

"Temos que levantar a cabeça, é um torneio e ninguém é campeão do mundo na primeira partida", declarou o atacante, que recordou a Espanha, derrotada pela Suíça no Mundial da África do Sul em 2010 e que acabou conquistando o título.

De origem espanhola, Gómez admitiu que durante o primeiro tempo o México soube anular o jogo alemão. "Não conseguimos encontrar soluções". No segundo tempo, a Alemanha assumiu mais riscos e foi melhor. "Ganhamos muitas bolas e permitimos apenas dois ou três contragolpes".

"Sabíamos que iria ser difícil (anotar). Sempre conseguiram colocar o pé na frente da bola, mas com as oportunidades que tivemos na segunda etapa deveríamos ter marcado um gol", disse o atacante, que entrou em campo aos 34 minutos do segundo tempo, no lugar do lateral esquerdo Marvin Plattenhardt.

Galeria de Fotos

Mario Gómez deixa o campo cabisbaixo após derrota da Alemanha AFP
Goleiro mexicano Ochoa defende chute à queima-roupa de Gómez AFP