Quarteto ofensivo não rende o esperado na estreia da Seleção

Coutinho é o único a se destacar. Neymar, Willian e Jesus erram muito na estreia

Por

Philippe Coutinho dribla adversário da Suíça: meia teve bom desempenho
Philippe Coutinho dribla adversário da Suíça: meia teve bom desempenho -

Rússia - A decepção na partida de estreia do Brasil na Copa do Mundo tem muito a ver com o mau desempenho do quarteto ofensivo. À exceção de Philippe Coutinho, Neymar, Willian e Gabriel Jesus tiveram um rendimento bem abaixo do que costumam apresentar.

Maior artilheiro na Era Tite, Gabriel Jesus foi o que teve a menor participação ofensiva, de acordo com o site da ESPN, com 38 ações com a bola e somente uma conclusão a gol (para fora). Antes da Copa, Jesus tinha média de 2,5 finalizações. O número de passes certos também caiu quase 15% em relação às Eliminatórias.

Já Willian teve alto índice de erro de passes: 28%. Das 40 tentativas, acertou 72% e criou apenas uma chance de gol e finalizou duas vezes (para fora). Também foi o segundo jogador que mais perdeu a posse de bola, atrás somente de Neymar.

Principal nome da equipe, o craque do PSG perdeu demais a bola e foi desarmado em sete oportunidades, mas também foi quem mais criou situações de drible e o que sofreu mais faltas (10). E foi responsável por gerar quatro chances de gol.

Philippe Coutinho marcou um golaço e participou do jogo quase duas vezes mais do que costumava fazer nas Eliminatórias. Conseguiu acertar 88% dos passes. Pena que não tenha sido acompanhado pelos demais.

 

Comentários