Bola parada é destaque absoluto da primeira rodada da Copa do Mundo

Dos 38 gols, um terço saiu em cobranças de pênalti ou falta

Por

Cristiano Ronaldo abriu o placar para Portugal contra a Espanha em cobrança de pênalti
Cristiano Ronaldo abriu o placar para Portugal contra a Espanha em cobrança de pênalti -

Ao fim da primeira rodada, o Mundial da Rússia se caracteriza como a 'Copa da Bola Parada'. Dos 38 gols, um terço saiu em cobranças de pênalti ou falta. No total, dez bolas foram parar na marca da cal, quatro com o auxílio do árbitro de vídeo, e oito resultaram em gol. De falta, foram quatro na rede.

Em toda a Copa de 2014, o total de pênaltis chegou a 13. Outro dado chama a atenção: a decepção dos sul-americanos. Somente o Uruguai venceu: 1 a 0 em cima do Egito. Os demais ou tropeçaram, casos do Brasil (1 a 1 com a Suíça) e Argentina (1 a 1 com a Islândia), ou perderam, como a Colômbia (2 a 1 para o Japão), ou o Peru (1 a 0 para a Dinamarca).

A primeira rodada só não foi pior do que em 1974, na Alemanha, onde três sul-americanos caíram na estreia Uruguai, Argentina e Chile e um empatou, o Brasil.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários