Parreira afirma que aguarda confronto contra a Alemanha: 'Não estou com medo'

Treinador do tetracampeonato acredita que Seleção irá se recuperar em jogo contra a Costa Rica, segundo jornal

Por O Dia

Parreira foi campeão mundial em 1994
Parreira foi campeão mundial em 1994 -

São Paulo - Com a derrota assustadora do Brasil para a Alemanha por 7 a 1 na semifinal da Copa do Mundo de 2014, muitos alimentam a esperança de que haja uma revanche entre seleção brasileira e o país europeu. O jogo pode ocorrer nas oitavas de final caso uma das seleções fique em segundo lugar de seu grupo e outra em primeiro. Após o fracasso da seleção alemã na partida de estreia contra o México, é possível acreditar nesse cenário.

Assim como muitos brasileiros têm vontade de que esse jogo aconteça, Carlos Alberto Parreira também demonstrou seu desejo para que o reencontro ocorra, em entrevista à 'Gazeta Esportiva'.

“Não (estou com medo de um reencontro). Estou torcendo para jogar contra a Alemanha para retribuirmos a gentileza deles”, declarou o treinador do tetracampeonato em 1994 e que estava na comissão técnica de Luiz Felipe Scolari há quatro anos.

Parreira revela que esperava um confronto complicado contra a Suíça, por conta da boa colocação de ambos os times no ranking da Fifa e pela falta de experiência em Copas do Mundo dos convocados de Tite. O ex-treinador acredita ainda que a seleção canarinho irá se recuperar na partida contra a Costa Rica.

“Se criou uma expectativa muito grande antes da Copa. O Brasil é o segundo do ranking, a Suíça é a sexta do ranking, portanto esses jogos são difíceis. A estreia gera muita tensão, praticamente apenas o Marcelo e mais três ou quatro jogadores já tinham participado de Copa e os outros estavam na primeira vez. Isso causa uma apreensão muito grande e o time não repetiu as atuações que estávamos acostumados a ver”, afirmou o técnico de 75 anos.

“Nosso time é muito bom, tem um potencial muito grande. Com certeza, passado esse jogo, daqui para frente o Brasil irá deslanchar”, completou Parreira.