Argentina leva baile da Croácia e se complica de vez na Copa do Mundo

Seleção europeia garantiu a classificação com resultado positivo

Por O Dia

Argentina foi derrotada pela Croácia
Argentina foi derrotada pela Croácia -

Rússia - Messi parece assistir a um filme de terror. Quase em estado de choque, viu a Argentina perder por 3 a 0 para a Croácia, nesta quinta-feira, no Estádio Nizhny Novgorod e dar contornos de drama à peça trágica na qual se transformou a Copa da Rússia para ele, um dos maiores jogadores de todos os tempos. O time de Sampaoli chega à última rodada do Grupo D, contra a Nigéria, terça-feira que vem, em São Petersburgo ainda com esperanças de um final feliz. Mas se repetir as duas primeiras atuações, corre o risco de sair de cena na primeira fase.

Memes bombam após massacre da Croácia. Confira!

GALERIA: Confira as imagens da vitória da Croácia sobre a Argentina

O terceiro gol da Croácia é a fotografia do estado de espírito dos argentinos. Sem forças para reagir, se entregaram, como se o saldo de gols não pudesse ser decisivo. No roteiro que deixa os discípulos de Maradona aterrorizados, algumas linhas pareceriam inacreditáveis se já não tivessem sido encenadas para o mundo todo.

Confira a tabela da Copa do Mundo

A Messi cabia o papel de mocinho. O craque, porém, em alguns momentos lembrava um figurante, ou mesmo seu dublê. Enquanto isso, alguns candidatos a vilão se apresentavam. O volante Enzo Pérez, aos 29 do primeiro tempo, perdeu gol sem goleiro.

O time da Croácia, que mostrava, no início, respeito ao esperado protagonismo da equipe de Messi, começou a dirigir o jogo. Ainda no primeiro tempo, Mandzukic, aos 32, desperdiçou chance clara de cabeça.

No segundo tempo, o goleiro Caballero resolveu tomar para si o personagem mau na trama. Ao tentar devolver a Mercado bola atrasada, entregou na medida para o atacante Rebic acertar um belo chute de primeira e abrir o placar.

A partir do gol, o enredo ameaçou dar uma guinada rumo à violência. Entradas duras e divididas com força excessiva entraram no enredo. A Argentina buscava uma reviravolta na história, que, no entanto, se encaminhou de vez para um desfecho melancólico, quando Modric, aos 35, de fora da área, ampliou o placar.

Já nos acréscimos, aos 46, Kovasic aproveitou rebote do goleiro e rolou para Rakitic completar, em lance que lembrou a apatia brasileira nos 7 a 1 para a Alemanha. O volante croata, cinco minutos antes, já havia acertado o travessão em cobrança de falta.

FICHA TÉCNICA

ARGENTINA 0 X 3 CROÁCIA

Local: Estádio de Ninji Novgorod (Rússia)

Árbitro: Ravshan Irmatov (Uzbequistão)

Auxiliares: Abdukhamidullo Rasulov e Jakhongir Saidov (ambos do Uzbequistão)

Cartões amarelos: Mercado, Otamendi, Acuña (Argentina); Rebic, Vrsaljko, Mandzukic (Croácia)

Cartões vermelhos -

Gols: Rebic, aos oito minutos do segundo tempo, Modric, aos 35, e Rakitic, aos 46 (Croácia)

ARGENTINA: Caballero; Mercado, Otamendi e Tagliafico; Mascherano, Pérez (Dybala), Salvio (Pavón) e Acuña; Messi, Aguero (Higuain) e Meza/ Técnico: Jorge Sampaoli

CROÁCIA: Subasic; Vrsaljko, Lovren, Vida e Strinic; Rakitic, Brozovic, Rebic (Kramaric), Modric e Perisic (Kovacic); Mandzukic (Corluka) / Técnico: Zlatko Dalic

Galeria de Fotos

Argentina foi derrotada pela Croácia AFP
Argentina foi derrotada pela Croácia AFP
Argentina foi derrotada pela Croácia AFP
Argentina foi derrotada pela Croácia AFP
Argentina foi derrotada pela Croácia AFP
Argentina foi derrotada pela Croácia AFP
Argentina foi derrotada pela Croácia AFP
Argentina foi derrotada pela Croácia AFP
Argentina foi derrotada pela Croácia AFP
Argentina foi derrotada pela Croácia AFP
Argentina foi derrotada pela Croácia AFP