Eden Hazard (E) brinca com Januzaj no treino da Bélgica, em Sochi - AFP
Eden Hazard (E) brinca com Januzaj no treino da Bélgica, em SochiAFP
Por

Rússia - Considerada uma das sensações da Copa do Mundo, a Bélgica enfrenta o Japão, tido como azarão no duelo desta segunda-feira, às 15h, na Arena Rostov, disposto a ratificar a campanha na primeira fase (três vitórias) e provar que a geração de Witsel, De Bruine, Carrasco, Mertens, Lukaku e Hazard tem talento de sobra para encarar o Brasil em um possível jogo de quartas de final desde que a seleção de Tite passe pelo México. Já os asiáticos sonham fazer sua melhor campanha na história.

"Honestamente, estou muito feliz com nossa preparação", disse o técnico da seleção belga, o espanhol Roberto Martínez, ciente de que sua equipe chegou à Rússia como uma das que deveriam ser observadas. Mesmo assim, precavido, ele prega muito respeito pelos japoneses.

"É uma equipe muito dinâmica, bem organizada. O futebol japonês é muito forte, esperamos uma batalha. Nós os conhecemos bem, mas eles também nos conhecem", disse Martínez, que voltará a escalar os 11 titulares na partida de hoje Lukaku, vice-artilheiro do Mundial, com quatro gols, e Eden Hazard, o camisa 10, poupados na vitória sobre a Inglaterra, estão escalados na busca pela classificação.

CORAGEM PARA SURPREENDER

No Japão, que chega pela terceira vez em sua história às oitavas de final de uma Copa do Mundo, o técnico Akira Nishino promete um time corajoso em campo. "A Bélgica é uma equipe de nível mundial e será um desafio fantástico para nós", frisou Nishino, que assumiu o cargo apenas dois meses antes do Mundial, e apela à concentração e ao entusiasmo de seus jogadores para tentar surpreender os favoritos na partida de hoje.

O meia Takashi Usami promete não decepcionar seu comandante. "Quando se trata do poder de união como equipe, o Japão é melhor que a Bélgica", avalia, confiante.

ay.google.com/store/apps/details?id=com.ejesa.epaper.android" target="_blank" title="Google Play" class="btn">

Disponível noGoogle Play

Disponível noApp Store