Fernando Hierro consola Jordi Alba - AFP
Fernando Hierro consola Jordi AlbaAFP
Por AFP

Rússia - O técnico espanhol Fernando Hierro lamentou a eliminação da Fúria na disputa por pênaltis contra a Rússia, neste domingo em Moscou, destacando que no futebol "a linha entre vencer e perder é muito fina".

"Não posso fazer nenhuma queixa porque os 15 jogadores que entraram em campo deixaram a vida. Todos treinaram como eu nunca tinha visto na minha vida", garantiu Hierro.

"Mas é a dureza do futebol: você tem mais posse e mais chances, mas sabemos que neste jogos é preciso mais efetividade, porque senão vai para a loteria dos pênaltis e hoje não foi ao nosso favor", acrescentou.

Hierro destacou que a Espanha se despediu da Copa do Mundo, mas "sem perder nenhum jogo". "Sabemos que na primeira fase se você tem um escorregão dá para consertar, mas no mata-mata não existe uma segunda chance".

O técnico, que assumiu o cargo após a demissão de Julen Lopetegui, anunciado como novo treinador do Real Madrid, garantiu que não está preocupado com sua continuidade no comando da equipe.

"Minha responsabilidade é que fui treinador, que cheguei três dias antes de nossas estreia contra Portugal e a aceitei, para o bem e para o mal. Precisamos ser realistas. A situação foi a que foi e não tem sentido voltar atrás sobre ela", explicou.

"Estou tranquilo porque demos 100%, tanto os jogadores quando o time, e por isso saímos com a consciência tranquila", insistiu.

Hierro destacou que a Espanha caiu com seu futebol de toque de bola, "que nos deu muito sucesso e reconhecimento mundial".

Você pode gostar