Crítica irrita Lovren na Croácia

Zagueiro diz que nem o Brasil atuou em alto nível em todos os jogos

Por

Lovren diz que objetivo é repetir a geração de 98 e chegar às semifinais
Lovren diz que objetivo é repetir a geração de 98 e chegar às semifinais -

Rússia - Às vésperas do duelo decisivo com a Rússia, sábado, às 15h (de Brasília), em Sochi, e de olho nas semifinais do Mundial, o zagueiro da Croácia Dejan Lovren se irritou na coletiva de ontem. Ele não concordou com a insinuação de que sua equipe não teve uma atuação de alto nível no empate por 1 a 1 com a Dinamarca, quando levou a vaga nas quartas de final nos pênaltis.

"Como assim não jogamos em alto nível? Temos sempre que jogar em alto nível? Nem o Brasil jogou em alto nível todos os jogos, e a gente tem que jogar sempre em alto nível?", questionou Lovren, irritado com a pergunta.

Ele ainda lembrou a Eurocopa de 2016, quando a Croácia terminou a fase de grupos invicta em primeiro lugar, com a Espanha em segundo, mas foi eliminada por Portugal. "Foi uma montanha-russa com altos e baixos em 2016. Desta vez, temos que fazer as coisas certas", afirmou.

Lovren, que completou ontem 29 anos, também comentou a campanha da Croácia na Copa do Mundo de 1998, na França, quando o país foi terceiro colocado. O zagueiro tinha nove anos à época.

"Nos espelhamos na geração de 98. O time atual é bom e temos a chance de fazer história com muito trabalho duro, como aquela geração fez", completou.

Os croatas tiveram uma campanha com 100% de aproveitamento na fase de grupos, com vitórias sobre Nigéria, Argentina e Islândia.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários