Decisivo, Paulinho divide méritos por classificação para a final

Volante fez o gol da vitória do Brasil depois dos 40 minutos do segundo tempo

Por pedro.logato

Minas Gerais - Um jogador predestinado. Esse é Paulinho. Decisivo algumas vezes com a camisa do Corinthians, o volante marcou o gol que colocou a seleção brasileira na final da Copa das Confederações, que será disputada no domingo, no Maracanã. Bastante feliz com o gol, o jogador dividiu os méritos pela vitória.

Volante fez o gol da vitória do BrasilAndré Mourão / Agência O Dia

''Fiquei feliz, queria agradecer aos meus companheiros pelo gol. Foi muito importante para mim, o gol, mas o principal foi ter chegado à final da Copa das Confederações.

Ao falar sobre a partida contra o Uruguai, o jogador afirmou que esperava muita dificuldade. O Brasil só conseguiu marcar o gol da vitória depois dos 40 minutos do segundo tempo.

''Esperávamos um jogo complicado, a equipe deles é muito boa. A partida foi bastante truncada por conta da qualidade do time do Uruguai'', disse o volante, que comentou o fato de o Brasil não ter feito uma grande atuação.

''Nem sempre dá para jogar bem, mas está ainda vencemos e chegamos à final'', disse.

Sempre envolvido em possíveis transferências, o volante afirmou que pretende cumprir o contrato com o Corinthians, ao ser perguntado se o gol era feito por um jogador do Timão ou da Inter de Milão.

''O gol foi do Paulinho do Corinthians'', concluiu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia