Fred é o único titular da Seleção que vai seguir atuando no futebol brasileiro

Quando Luiz Felipe Scolari iniciou a preparação, o time titular da seleção brasileira tinha três jogadores de clubes brasileiros

Por felippe.franco

Minas Gerais - Após a Copa do Mundo de 2010, os jogadores dos clubes brasileiros ganharam espaço na seleção principal. Em algumas partidas, inclusive, eles ocuparam até seis vagas na equipe titular. No entanto, faltando menos de um ano para a Copa do Mundo de 2014, o domínio estrangeiro voltou com força total. Após o término da Copa das Confederações, o único titular que vai seguir no futebol brasileiro será o atacante Fred.

Quando Luiz Felipe Scolari iniciou a preparação para a Copa das Confederações, o time titular da seleção brasileira tinha três jogadores de clubes brasileiros. Porém, com as transferências de Neymar e Paulinho para Barcelona e Tottenham, respectivamente, o jogador do Fluminense virou o último dos moicanos.

Artilheiro é o único titular que seguirá atuando no BrasilAndré Luiz Mello/Agência O Dia

Além de Neymar e Paulinho, o volante Fernando, reserva no time de Felipão, também mudou de time durante este período na seleção brasileira. O jogador revelado nas categorias de base do Grêmio trocou o clube gaúcho pelo Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. De quebra, outro reserva da seleção pode seguir para o futebol europeu – o meia-atacante Bernard deve deixar o Atlético-MG após o término da Copa Libertadores.

Caso o meia-atacante Bernard seja negociado, apenas sete jogadores que estão inscritos na Copa das Confederações vão seguir atuando no futebol brasileiro: Diego Cavalieri (Fluminense), Jefferson (Botafogo), Réver (Atlético-MG), Jean (Fluminense), Jadson (São Paulo), Jô (Atlético-MG) e Fred (Fluminense).

De qualquer forma, a tendência é que o número de jogadores de times brasileiros convocados para a Copa do Mundo de 2014 seja maior que nas últimas duas edições. Em 2006 e 2010, Parreira e Dunga chamaram apenas três jogadores. Em ambas as oportunidades, nenhum deles foi titular da seleção brasileira.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia