Três são-paulinos são detidos por agredir flamenguista no Mané Garrinha

Os acusados são integrantes de uma torcida organizada do São Paulo

Por bernardo.argento

Brasília - A partida entre São Paulo e Flamengo ficou manchada por atos de violência antes do começo do jogo. Três integrantes de uma torcida organizada do tricolor paulista foram detidos após seres acusados de agredir um torcedor rubro-negro nos arredores do estádio Mané Garrincha.

Torcedor rubro-negro foi agredido por integrantes de uma torcida organizada do São Paulo Reprodução TV

O agressores são são Genivaldo da Silva, 34 anos, Moisés Oliveira Paulino, 46 anos, e Ricardo Alves Maia, 37. Os acusados moram no estado de São Paulo e estão presos na 5ª Delegacia de Polícia de Brasília e vão nesta segunda-feira para o Departamento de Polícia Especializada.

O flamenguista que sofreu as agressões precisou passar por uma cirurgia na mandíbula na madrugada desta segunda-feira, e não corre riscos. O seu estado de saúde é estável e os ferimentos na testa e no rosto não foram graves.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia