Flamengo cogita efetivar Jaime de Almeida

Presidente revela surpresa pela saída de Mano e diz que soube da notícia pelo rádio

Por rafael.arantes

Rio - O Flamengo ainda tenta absorver o impacto da saída inesperada de Mano Menezes, que pediu demissão após a derrota para o Atlético-PR, nesta quinta-feira, no Maracanã. O presidente Eduardo Bandeira de Mello e a cúpula de futebol se reuniram, nesta sexta, no Ninho do Urubu. Em pauta, o futuro do time no Brasileiro. O clube estuda a possibilidade de efetivar Jaime de Almeida, que vai dirigir o Rubro-Negro contra o Náutico, domingo, na Arena Pernambuco.

"Jaime é um excelente treinador. A permanência dele não está descartada. Ele vai dirigir o time contra o Náutico, faz parte da nossa comissão técnica permanente e tem o nosso respaldo. Hoje o nosso técnico se chama Jaime. A partir do jogo de domingo vamos avaliar com ele esta possibilidade (de ser efetivado). Daí para frente pode acontecer de ele continuar por mais tempo. Tudo vai depender do que for planejado. Estamos numa situação inesperada", disse Bandeira de Mello.

Abel Braga era um nome cotado para assumir o Flamengo, mas o técnico, antes mesmo de um possível convite, disse à ESPN Brasil que só volta a trabalhar em 2014. O clube, agora, dá força a Jaime.

Jaime pode ser efetivado no FlamengoCarlos Moraes / Agência O Dia

Notícia pelo rádio

O presidente soube da saída de Mano Menezes pelo rádio. Ele reconheceu que a maneira como recebeu a notícia foi inusitada para sua posição do clube. Bandeira ainda não ouviu de Mano por que o técnico decidiu deixar o clube após três meses.

"Não sabemos os argumentos dele, não conversamos com ele. Foi uma surpresa para todos nós. Imagino que mais cedo ou mais tarde vamos conversar com ele e compreender as razões", afirmou.

O Flamengo pode exercer uma cláusula no contrato e cobrar uma multa (cerca de R$ 800 mil - referentes a dois meses de salário do técnico) de Mano Menezes por ter quebrado o contrato. Bandeira deixou o assunto com o jurídico do clube. "Não tinha pensado nesta questão contratual. Vai ser analisado pelo jurídico e depois vamos tomar uma decisão."

Presidente do Fla revelou surpresa com demissão de ManoCarlos Moraes / Agência O Dia

Sobre a situação do time no Brasileiro, o presidente reconheceu que o time está devendo. "O desempenho não é exatamente o esperado, mas acredito também, avaliando o trabalho e os nossos jogadores, que podemos ter uma virada e conquistar uma posição melhor. Quanto à Copa do Brasil, quem sabe nós podemos ter uma boa notícia para a torcida na sequência da competição?"

Bandeira também teve de falar sobre o fantasma da zona da degola. O mandatário foi sucinto ao responder se garantia que o Flamengo não vai ser rebaixado.

"Garanto. O Flamengo não cai. Simples assim", afirmou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia