Justiça determina que Flamengo reduza o preço dos ingressos da final

Rubro-Negro pode recorrer da decisão

Por bernardo.argento

Rio - O Flamengo sofreu uma derrota na polêmica envolvendo a venda de ingressos para a final da Copa do Brasil. O juiz Marcello Rubioli, do Juizado dos Grandes Eventos e do Torcedor, acatou parcialmente o pedido do Ministério Público, que entrou com uma ação para suspender e diminuir o preço dos bilhetes. A Justiça determinou que o clube reduza o valor das entradas e estipulou multa em caso de descumprimento. O Rubro-Negro pode recorrer da decisão.

Vice de futebol, Wallim Vasconcellos vê derrota do Fla na JustiçaDivulgação

De acordo com a determinação da Justiça, os preços dos ingressos são os seguintes:

Setor Norte e Sul (inteira): R$120
Leste superior (inteira): R$ 160
Leste e Oeste inferior (inteira): R$ 200
Maracanã mais (inteira): R$ 320

O juiz também estipulou uma multa de 30 vezes o valor da diferença entre o preço cobrado pelo Flamengo e o determinado pela Justiça.

Para justificar a decisão, o juiz Marcello Rubioli usou como argumento o preço dos jogos da Copa do Mundo a ser realizada no ano que vem no Brasil, no qual a diferença entre o preço dos ingressos das partidas semifinal e final teve uma variação inferior a 100%.

"A incidência de um aumento em percentual tão elevado só poderia ser aceita mediante prévia disponibilização aos torcedores consumidores e aos órgãos de defesa e proteção dos mesmos, das planilhas de custos e da forma como foram elaborados os cálculos que tenham embasado a estipulação do reajuste ora guerreado", destacou o juiz na decisão.

>>> LEIA MAIS: Cartolas do Fla podem pegar até 5 anos de prisão por aumentar preço
>>> LEIA MAIS: Embate entre Fla e Procon vira caso de polícia e vai parar na Justiça

Nesta quinta-feira, o promotor Paulo José Sally entrou com uma ação pedindo a paralisação da venda e que o aumento do ingresso não ultrapassasse em 70% o valor cobrado na semifinal da Copa do Brasil.

>>> LEIA MAIS: MP entra com ação para tentar reduzir valor dos ingressos
>>> LEIA MAIS: Fla rebate Procon: 'Estão tentando nos impedir da maneira covarde'

A venda de ingressos de para a Copa do Brasil vem sendo marcada por polêmicas desde o seu início. O Flamengo estipulou os preços variando de R$ 250 a R$ 800. O Procon e o Ministério Público consideraram o aumento abusivo e levaram o caso para Justiça. Na quarta-feira, o Rubro-Negro bateu o pé e disse que não reduziria o valor das entradas. O clube ainda não se pronunciou sobre a decisão do Tribunal.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia