Elano e Felipe também reclamam de arbitragem no clássico dos milhões

Carrinho de Guiñazu em Hernane ficou na bronca pelo lado dos rubro-negros

Por victor.abreu

Rio - Não foi um jogo fácil para o time de árbitros que que trabalhou no clássico entre Flamengo e Vasco, neste domingo, no Maracanã. Os vascaínos saíram de campo transtornados com a não marcação de um gol legítimo de Douglas, em cobrança de falta. Os rubro-negros não deixaram por menos e se mostraram insatisfeitos com a forma que a arbitragem conduziu o duelo.

Arbitragem saiu de campo escoltadaAlexandre Brum / Agência O Dia

"Falaram que a bola entrou. Assim não sei porque ficam os dois árbitros atrás dos gols, não servem para nada. Fizeram uma arbitragem ridícula, são arrogantes. Ele não é capaz nem de dar falta, quando o Guiñazú entrou com tudo no Hernane e ele não deu nada. É capaz dele abrir um buraco no gramado e se esconder", disse o goleiro Felipe.

Quem também fez coro ao lance foi o meia Elano. "Acho que o juiz se perdeu um pouco, em situações de acertos e erros. Mas algumas coisas ele errou, como o carrinho do Guiñazu no Hernane e nem a falta foi marcada", afirmou o meia.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia