E quase ninguém da Nação gritou gol

Confronto diante do Bonsucesso teve o quinto pior público da história recente do Flamengo

Por pedro.logato

Rio - O estufar das redes é seguido da vibração uníssona, às vezes ensurdecedora, da torcida. Ordem natural que vem sendo contrariada no Campeonato Carioca de estádios vazios. O público de 375 pagantes do jogo de quarta, entre Bonsucesso e Flamengo, no Raulino de Oliveira, foi o pior do Rubro-Negro desde 1997, e o quinto numa lista com jogos desde 1956. Um vazio que sai da arquibancada para dar um nó na garganta de quem se acostumou a ver a maior torcida do mundo fazer a diferença.

Quarta-Feira de Cinzas chuvosa em Volta Redonda era o cenário perfeito para o vexame. Mas não se pode colocar a culpa apenas no Rei Momo e em São Pedro. Há um movimento entre os rubro-negros para esvaziar os jogos do Estadual, em protesto contra os preços praticados pela diretoria, principalmente em jogos importantes, como na Libertadores e na decisão da Copa do Brasil de 2013.

Alecsandro marcou o primeiro do FlamengoDivulgação

Como consequência, recordes negativos se acumulam. O jogo com menos espectadores desde a reinauguração do Maracanã, que será palco da final da Copa do Mundo, foi do Flamengo: 2.487 pagantes, na vitória por 2 a 0 sobre o Madureira, dia 19 de fevereiro deste ano.

O problema pesa no espetáculo e no bolso: R$ R$ 57.435,68 de prejuízo, de acordo com o borderô do jogo de anteontem divulgado pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro. Além disso, há mais uma mancha para o currículo rubro-negro: nunca um clube grande do Rio havia jogado para tão poucos torcedores no Raulino de Oliveira.

Os dados são do site Flapedia, hospedado na página oficial do clube. Nele, o primeiro registro de público é de 25 de março de 1956, quando o Flamengo perdeu para o América, no Maracanã, por 5 a 1, diante de 100 mil pessoas.

De acordo com o site, a vitória do Flamengo sobre o Bangu por 3 a 1, na Rua Bariri, em 30 de abril de 1997, pelo Carioca, teve o menor número de pagantes da história do clube: 205. Na lista dos dez piores, nove são da década de 1990.

Este ano, porém, já houve outros jogos em que apenas algumas testemunhas compareceram, como na vitória emocionante sobre o Boavista por 5 a 2, em Moça Bonita. Na ocasião, 991 pessoas pagaram ingresso. Vale lembrar que o Flamengo lidera o Carioca e está na briga por uma vaga nas oitavas de final da Libertadores. A diretoria rubro-negra não se manifestou sobre o caso.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia