Ney Franco vai em busca do seu Flamengo ideal

Técnico comanda treino puxado, mas ainda não tem os titulares para a sua estreia, domingo, contra o São Paulo

Por pedro.logato

Rio - Sem tempo a perder, Ney Franco saiu em busca da equipe titular para sua estreia no Flamengo, domingo, contra o São Paulo, no Maracanã. Em longa atividade, que durou cerca de duas horas, e com quase todos os jogadores à disposição — Hernane, Elano e Everton estão recuperados de lesão —, o técnico fez um esboço do time, mas também testou outras possibilidades e ainda não definiu quem irá jogar.

Com apenas dois dias de retorno ao Flamengo, Ney Franco optou por testar o máximo de jogadores no trabalho técnico em metade do campo. Muito falante e pedindo intensidade, ele orientou seus comandados e parou o treino em vários momentos. A velocidade e a marcação sob pressão foram as principais características dos titulares.

Ney Franco realizou testes no FlamengoCarlos Moraes / Agência O Dia

Felipe, Léo Moura, Wallace, André Santos, Cáceres, Elano, Everton e Paulinho foram a base da equipe titular de Ney. Samir, Márcio Araújo e Alecsandro completaram a primeira formação quando o treino foi aberto à imprensa. Entretanto, por intermédio da assessoria de imprensa, o técnico avisou que ainda não definiu a equipe.

Talvez por isso ele também tenha testado Chicão, Luiz Antonio, Mugni e Hernane, em uma formação bastante ofensiva e que criou várias chances de gol. A opção de Ney Franco em deixar em aberto o time titular em sua estreia agradou o grupo rubro-negro.

“O Ney deu oportunidade a todos e a comissão técnica participou bastante. Foi bacana. Estamos começando a entender o trabalho dele e dá para ver como quer a equipe jogando: com entrega, dedicação e atenta. Ele disse que dará oportunidade a todos e vai escolher o melhor. Vamos evoluir em todos os aspectos”, elogiou André Santos.

Contratações dependerão do treinador

Com a chegada de Ney Franco e a saída do diretor de futebol, Paulo Pelaipe, a diretoria do Flamengo vai esperar a avaliação do treinador sobre o elenco para definir algumas contratações para o segundo semestre. Os dirigentes sabem da necessidade de reforços, mas não pretendem sair da política de austeridade financeira.

“O Flamengo está de olho para ver se pinta algo no radar. Vamos aguardar a avaliação do Ney Franco. Acredito que o elenco precise de alguns nomes, mas só iremos atrás depois que ele disser as nossas necessidades. Não posso prometer nada”, afirmou o presiden

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia