Flamengo desembarca no Rio em silêncio e sem os principais jogadores

Atletas não atenderam a imprensa por conta de uma proibição da diretoria rubro-negra

Por bernardo.argento

Rio - O Flamengo desembarcou nesta segunda-feira no Rio de Janeiro, depois da derrota para o Cruzeiro, por 3 a 0, em Minas Gerais, sem a presença dos torcedores. Após o duelo,  a crise no clube fez mais uma vítima. Vice de futebol, Wallim Vasconcellos renunciou ao cargo. O presidente Eduardo Bandeira de Mello, que está de licença em Paris, vai acumular a função por enquanto.

Flamengo foi amplamente dominado pelo Cruzeiro e perdeu por 3 a 0 Estadão Conteúdo

No Aeroporto Santos Dumont, os jogadores estavam proibidos de atender os jornalistas, por conta de ordem da direção do clube. O meia Gabriel foi um dos poucos a falar com a imprensa. 

"Temos de ser homens para tirar o Flamengo desta situação. Vamos trabalhar para voltar mais fortes após a Copa do Mundo", salientou o jogador. 

Alguns atletas do elenco rubro-negro nem voltaram para o Rio, por estarem de folga até o dia 15 de junho. Da delegação do Fla, os jogadores presentes no aeroporto eram: César, Samir, Marcelo, Igor Sartori, Mattheus, Negueba, Amaral e Arthur e Muralha.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia