Mais Lidas

Futevôlei anima tarde dos jogadores do Flamengo em Atibaia

Rubro-Negro realizou treinamento animado nesta terça-feira

Por pedro.logato

Rio - Após a primeira atividade com bola, na tarde desta terça-feira, no resort em Atibaia, os jogadores partiram para a quadra de areia, onde o futevôlei rolou solto. Léo Moura foi o rei da praia de Atibaia. Com lances de categoria, arrancou aplausos dos companheiros. Ao lado de Alecsandro, tirou onda com Cáceres e Canteros e depois com Lucas Mugni e Pará.

Futevôlei animou jogadores do FlamengoUanderson Fernandes

"Você acha que vou perder para paraguaio e argentino?", brincou Léo, ao sair da quadra.

Com Canteros e Cáceres na areia, tinha gringo no samba.Ou melhor, na areia. embora a habilidade de jogador profissional ajudasse, faltava aos dois o cacoete de Léo Moura, carioca com 36 anos de praia, e de Alecsandro, que já jogou no Rio. O atacante, aliás, parece já ter esquecido a grave lesão que sofreu na cabeça no final de 2014. O argentino e o paraguaio se enrolavam em alguns lances e tentavam trapacear para levar a melhor.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

"O saque tem que ser com a bola rodando", reclamavam Alecsandro e Léo Moura.

Lucas Mugni e Pará entraram em seguida para tentar desbancar a dupla imbatível. O preparadores físicos Antonio Mello e Marcelo Martoreli botavam pilha no argentino e no lateral que veio do Grêmio: "Saiam daí, eles são viciados nisso", gritavam. Léo Moura e Alecsandro deram mais uma surra e depois deixaram a quadra.

Na sequência, Samir, Anderson Pico, Wallace e Arthur Maia entraram na brincadeira. Ao deixar o local, Mello ainda provocou: "Caixa de areia e bola no primeiro dia, tudo que falam que está errado para pré-temporada (risos). Mas não tem nada a ver. É bom que descontrai", afirmou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia