Oswaldo não alivia em treino do Fla; Médico explica situação de lesionados

Armero, Pará e Ederson estão em tratamento; Wallace, liberado, aprimora forma para voltar a defender o Rubro-Negro

Por renata.amaral

Rio - Sol forte não é desculpa para pegar leve no Flamengo. Mesmo com o calor intenso, Oswaldo de Oliveira comandou 2h30 de atividades no Ninho do Urubu, na manhã desta quarta-feira. O treinamento não revelou muito sobre o que o técnico rubro-negro pretende fazer com o time. A principal questão é sobre a lateral esquerda, já que Jorge está suspenso e Armero segue em recuperação.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

O elenco rubro-negro, contando com muitos atletas da base, foi dividido em três grupos - dois trabalhavam na parte dos gols e um no meio de campo. O principal objetivo era aprimorar movimentação - a atividade era de dois toques rápidos, até chegar ao gol adversário.

Oswaldo comandou 2h30 de treino do FlaDivulgação

O susto do dia ficou por conta de Marcelo Cirino. O atacante sentiu um incômodo no joelho e foi atendido pelo médico. O jogador foi liberado e voltou normalmente para o treino.

Márcio Tannure, chefe do Departamento Médico, afirmou que Ederson continua se recuperando da contusão no joelho direito. Armero segue fazendo fisioterapia e já iniciou o trabalho na academia, assim como Pará. Wallace já voltou à preparação física e faz trabalho à parte.

O Flamengo tem 44 pontos e ocupa a sétima colocação no Campeonato Brasileiro. Antes de voltar a jogar partidas oficiais, o Rubro-Negro encara a Desportiva, em um amistoso, no domingo, às 16h, no Espírito Santo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia