Juan afasta desconfiança e mostra entusiasmo para brilhar pelo Flamengo

'Eu me sinto bem, seja fisicamente ou mentalmente', afirma

Por fabio.klotz

Rio - Juan voltou ao Flamengo sob desconfiança. O questionamento não era sobre o seu talento, mas pela condição física e lesões. Ele abordou o tema quando foi apresentado e classificou como "lenda". O zagueiro de 37 anos teve de tocar no assunto novamente e comparou com a temporada anterior, quando defendia o Internacional.

Juan destaca trabalho de prevenção no FlamengoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

"Não mudou nada, estava voltando de contusão. O Aguirre (então técnico do Internacional) fez um rodízio com os jogadores. Tínhamos um grupo com cinco ou seis zagueiros de nível considerado alto. Fiz 24 ou 25 partidas, mas o que jogou mais tinha acho que 32 jogos", declarou Juan, nesta terça-feira, na Gávea.

O zagueiro disputou oito dos dez jogos oficiais do Flamengo neste ano: "Eu me sinto bem, seja fisicamente ou mentalmente. Eu me sinto ainda com entusiasmo para ir a campo e ajudar meus companheiros."

Juan foi poupado apenas duas vezes em 2016 e destaca o trabalho para prevenir lesões.

"Eu me sinto bem fisicamente e mais do que tudo isso adaptei meu corpo a jogar a cada três dias. Sabemos que é pesado e não só eu, mas todos os jogadores às vezes merecem um descanso de um jogo. Tem de fazer trabalho de prevenção", encerrou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia