Estrela de Diego brilha na estreia, Damião se destaca e Flamengo vence o Grêmio

Rubro-Negro foi superior e dupla marcou os gols da vitória por 2 a 1

Por renata.amaral

Brasília - Se a física diz que dois corpos não ocupam o mesmo espaço, o Flamengo provou, neste domingo, que duas estrelas podem sim ocupar o mesmo campo. A expectativa era pela estreia de Diego, mas quem aproveitou para roubar os holofotes foi Leandro Damião. E os dois tiveram a combinação perfeita: trabalharam juntos, se destacaram e balançaram a rede. As atuações renderam a vitória por 2 a 1 sobre o Grêmio, no Mané Garrincha.

Damião foi o nome do primeiro tempo - teve várias oportunidades de abrir o placar, até que, enfim, balançou as redes de bicicleta. O gol no valeu: o árbitro já havia paralisado a jogada por conta de um pênalti de Pedro Geromel em Réver. O próprio atacante cobrou e fez o seu primeiro pelo Flamengo. No segundo tempo, foi a vez da estrela de Diego brilhar e deixar o seu. O Grêmio ainda diminuiu com Henrique Almeida, mas não foi o suficiente para evitar a derrota em Brasília.

Diego marcou o segundo gol do Flamengo na sua estreia pelo clubeDivulgação

A vitória leva o Flamengo à terceira posição do Campeonato Brasileiro, com 37 pontos. Na próxima rodada, o Rubro-Negro encara a Chapecoense, no domingo, às 16h na Arena Condá. Já o Grêmio caiu para o quinto lugar, com 35 pontos. No domingo, a equipe encara o Atlético-MG, às 16h, na Arena do Grêmio.

O JOGO

O Flamengo foi melhor durante todo o primeiro tempo. De frente com um Grêmio desorganizado e sem se achar em campo, não foi difícil para o Rubro-Negro dominar todos os espaços no Mané Garrincha. E Leandro Damião tratou logo de mostrar que o show ficaria por conta dele. Sem desperdiçar a chance de ser titular, por conta da suspensão de Paolo Guerrero, o atacante apareceu pela primeira vez aos 11 minutos: achou Pará pela direita e tocou para ele. O lateral chutou para o gol e mandou a bola na trave.

O Flamengo mostrou, aos 14 minutos, que Diego e Damião podem ser uma boa aposta para a temporada. Trabalharam juntos e levantaram a torcida de Brasília. O camisa 35, estreante do dia, rolou para o atacante, que chutou firme para o gol. A bola estourou na rede, mas pelo lado de fora.

O Grêmio, sem se entender bem em campo, só apareceu mesmo aos 21 minutos, ainda assim, sem levar muito perigo. Wallace avançou pela direita e bateu cruzado. Muralha não chegou na bola, mas não se assustou muito: foi pela linha de fundo.

Tudo demonstrava que a parceria entre Diego e Damião tinha tudo para dar certo. Outro indício claro era que o atacante estava inspirado para acertar uma bicicleta - e acertou. Aos 24, o meia cruzou e o atacante tentou fazer o gol desta forma, mas Marcelo Grohe estava atento e salvou o Grêmio. Mas não durou muito. Três minutos depois, Réver tentou finalizar, mas a bola sobrou com Damião, que acertou um golaço de bicicleta. Mas o juiz interrompeu e não validou o gol: a bola havia batido na mão de Pedro Geromel. Na cobrança do pênalti, o próprio atacante mandou para o fundo da rede e fez 1 a 0 para o Flamengo.

O Grêmio voltou para o segundo tempo mais animado e tentando pressionar o Flamengo, que passou a jogar na raça. Aos 13, Bolaños teve a chance de deixar tudo igual no placar, mas Pará apareceu e evitou a finalização. No minuto seguinte, Geromel também teve a oportunidade, mas parou em Muralha.

Já sem Damião em campo, Diego tinha em si todo o foco da estreia. E não decepcionou. Aos 24, mostrou que chegou à Gávea com a missão de comandar o Flamengo e não se intimidou. Roubou a bola no meio de campo, trabalhou com Vizeu e Pará, que cruzou novamente para o meia. Sem pensar duas vezes, o camisa 35 mandou para o fundo da rede, fazendo seu primeiro gol no Rubro-Negro e o segundo no jogo.

O Flamengo nem teve muito tempo para comemorar, já que dois minutos depois o Grêmio diminuiu. Henrique Almeida, que havia acabado de entrar na partida, ficou com a sobra dentro da área e mandou para o fundo do gol: 2 a 1 no Mané Garrincha. O início de reação não teve tempo suficiente para desenvolver. O Rubro-Negro voltou a crescer no jogo, segurou o placar e volta para o Rio com três pontos na bagagem.

FLAMENGO 2 X 1 GRÊMIO

Estádio: Mané Garrincha
Gols: Leandro Damião (Flamengo, aos 29' do 1ºT); Diego (Flamengo, aos 24' do 2ºT); Henrique Almeida (Grêmio, aos 26' do 2ºT)
Cartão amarelo: Pedro Geromel (Grêmio); Mancuello (Flamengo)
Cartão vermelho: -

FLAMENGO: Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Cuéllar, Márcio Araújo e Diego (Mancuello, aos 34' do 2ºT); Gabriel (Alan Patrick, aos 16' do 2ºT), Everton e Leandro Damião (Felipe Vizeu, aos 12' do 2ºT). Tècnico: Zé Ricardo

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Wallace Oliveira (Lincoln, no intervalo), Pedro Geromel, Wallae Reis e Marcelo Oliveira; Maicon, Ramiro e Douglas; Pedro Rocha, Everton (Guilherme, aos 33' do 2ºT) e Miler Bulaños (Henrique Almeida, aos 19' do 2ºT). Técnico: Roger Machado

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia