Márcio Araújo celebra bom momento, mas evita favoritismo do Fla contra a Ponte

Volante elogiou o esquema de rodízio promovido por Zé Ricardo

Por renata.amaral

Rio - Com um time cheio de estrelas e jogadores que chamam a atenção do torcedor, um deles vem fazendo um trabalho mais discreto no Flamengo. Márcio Araújo chegou ao Flamengo em fevereiro de 2014 e desde então passou por diversas fases na equipe. De contestado pela torcida, à peça fundamental no grupo, o volante celebrou o bom momento pelo Rubro-Negro.

"Fui aproveitando as oportunidades, respeitando a qualidade dos companheiros. Uns aparecem muito mais para mídia em termos de finalização ou conclusão para gol, mas todo mundo tem seu papel e importância. Nem todos podem ter a mesma importância em relação a gols e assistências. Sou mais um peça para encaixar no time, e temos aproveitado as chances que o treinador tem nos dado", explicou Márcio Araújo, que completou:

"O Zé Ricardo tem mantido um padrão tático, claro que sempre existe uma mudança ou outra, mas sempre valorizando a qualidade do nosso elenco. Ele tem dado oportunidade para todo mundo jogar e buscar a conquista dos pontos que buscamos. Para quem está jogando, principalmente na frente, é mais difícil porque o jogador é muito fominha. De um jogo para o outro às vezes muda muito. Zé Ricardo tem esse lado de rodar o elenco, mas às vezes para o jogador pode ser desconfortável de jogar um e esperar outro. Mas quando a gente tira o "eu" e pensa no grupo. É bom, porque ninguém da frente vai reclamar que nunca teve oportunidade."

Na próxima rodada, o Flamengo encara a Ponte Preta, na quarta-feira, às 21h45, no Kleber Andrade. O jogo pode ser determinante para a campanha rubro-negra no Campeonato Brasileiro, já que a equipe tem 40 pontos e ocupa a vice-liderança.

"Não entramos muito favoritos, principalmente pelo momento da Ponte. Vai ser um jogo muito igual, facilita mais o jogo deles, que têm jogo rápido, sabem usar muito bem o contra-ataque. Temos nos policiado. Mesmo com time muito qualificado do meio pra frente, sabemos que antes de decidir na frente temos que suar mais", concluiu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia