Por luis.araujo
Publicado 01/11/2016 16:16 | Atualizado 01/11/2016 16:25

Rio - Faltando cinco jogos para o fim do Campeonato Brasileiro, o Flamengo precisa vencer se ainda sonha com o título do nacional. O time está há três jogos sem vitória. O rubro-negro foi derrotado para o Internacional, no Beira-Rio, e depois teve dois empates em sequência, contra Corinthians e Atlético-MG. 

Gabriel analisou o momento do time e convocou a torcida para a partida do próximo sábado Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

Os tropeços, porém, não fazem os jogadores perderem o ímpeto na luta pelo título do Brasileirão. Ao ser perguntado sobre o momento sem vitórias, o meia Gabriel analisou que a equipe precisa ter paciência e manter o bom futebol em todos os momentos da partida. 

"Saber controlar o jogo quando está na frente do placar, saber o que fazer em todos os momentos da partida. É ter paciência quando estiver em vantagem", disse. 

Gabriel ainda respondeu o que é preciso para se manter vivo na briga pelo título.

"Vencer e ganhar confiança. O Flamengo sempre entra para ser campeão, então o final feliz tem que ser o título. Sabemos que é difícil, mas vamos lutar até o final", falou o meia. 

O jogador ainda foi indagado sobre o estigma de ser jogador de 2º tempo e o jogador afimou que não faz diferença em seu futebol e que já rendeu sendo titular ou entrando no decorrer da partida.

"Nunca fui jogador de segundo tempo. Várias vezes fui titular e em outras entrei durante o jogo. As pessoas falam, mas eu não levo em conta. Já rendi começando e entrando nas partidas. Faz parte."

Time treinou no CT Ninho do Urubu na manhã desta terça-feiraGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

O elenco do Flamengo volta a treinar na manhã desta quarta-feira, no Ninho do Urubu. O Rubro-Negro é o vice-líder do Brasileirão, com 62 pontos, cinco a menos do que o líder Palmeiras. Para seguir na briga, o Flamengo terá que se superar, já que terá um clássico no próximo sábado, às 17hs, no Maracanã. O rubro-negro vai encarar o Botafogo, que já não perde há seis rodadas e lidera o segundo turno da competição. 

Você pode gostar