Flamengo se inspira no Corinthians para ir bem longe no Brasileirão

Aposta do Mengão, Mauricio Barbieri encara o Timão, que faz escola com técnicos desconhecidos

Por O Dia

Mauricio Barbieri tem ótimo começo de trabalho no time rubro-negro
Mauricio Barbieri tem ótimo começo de trabalho no time rubro-negro -

Rio - Para manter a liderança do Brasileiro, o Flamengo terá pela frente um adversário que não deixa de ser uma inspiração para Mauricio Barbieri. Campeão em 2017 com um treinador inexperiente no comando, o Corinthians não conta mais com Fábio Carille, mas tenta repetir a receita com Osmar Loss, assim como o Rubro-Negro busca o mesmo sucesso com o técnico interino.

No duelo das 16h, no Maracanã, Barbieri terá mais uma oportunidade de consolidar o trabalho. Com somente uma derrota em 14 jogos atuou com o time reserva contra a Chapecoense , líder do Brasileiro e classificado para os mata-matas da Libertadores e da Copa do Brasil, ele tenta repetir o sucesso alcançado por Fábio Carille, apesar das diferenças.

Enquanto Barbieri assumiu o comando da equipe durante a temporada e após apenas três meses de clube, Carille já trabalhava como auxiliar de Tite no Corinthians, além de ter iniciado a temporada de 2017. Em compensação, os dois assumiram sob muita pressão e desconfiança da torcida, aproveitando a falta de boas opções no mercado.

Carille não deixa de ser um exemplo para Barbieri. Afinal, mesmo sem experiência e com um elenco pouco badalado, conquistou um Paulista e fez uma das melhores campanhas no Brasileiro (chegou a ficar invicto por 20 rodadas). Os dois não vão se encontrar hoje, já que Carille aceitou proposta do futebol árabe e deixou o Corinthians há quase duas semanas.

Barbieri vive a expectativa de efetivação e espera pelo reconhecimento. O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, chegou a revelar que era melhor deixá-lo como interino para tirar a pressão dos ombros. Mas, após os bons resultados, a diretoria rubro-negra já pensa nessa possibilidade, enquanto ainda busca um gerente de futebol com mais experiência para dar suporte no dia a dia.

"Todo ser humano, a partir do momento em que atinge um degrau, tem de mirar o outro seguinte para evoluir. Hoje estou treinador do Flamengo, maior clube do Brasil. Essa decisão (de efetivação) é da direção. Sigo feliz, trabalhando, mas olhando para o degrau seguinte", avisou o ainda interino Barbieri.

Comentários