Confira as notas dos jogadores do Flamengo na derrota contra o São Paulo

Por

O jogador Uribe do Flamengo e Liziero do São Paulo durante a partida entre Flamengo e São Paulo, válida pelo Campeonato Brasileiro 2018 no Estádio Maracanã no Rio de Janeiro (RJ), nesta quarta-Feira (18). Foto - Estadão Conteudo
O jogador Uribe do Flamengo e Liziero do São Paulo durante a partida entre Flamengo e São Paulo, válida pelo Campeonato Brasileiro 2018 no Estádio Maracanã no Rio de Janeiro (RJ), nesta quarta-Feira (18). Foto - Estadão Conteudo -

DIEGO ALVES: Não teve culpa no gol são-paulino. De resto, foi muito pouco exigido. NOTA 6

RODINEI: Praticamente não apoiou o ataque. Peça quase nula. NOTA 5

LÉO DUARTE: Atuou com segurança e simplicidade. Ganhou a maioria das disputas de bola. NOTA 7

RÉVER: Não cometeu muitos erros, mas poderia ter se esforçado para afastar o perigo no lance que antecedeu o gol do São Paulo. NOTA 6

RENÊ: Errou o lançamento e, na sequência, falhou na marcação na jogada do gol adversário. NOTA 4

ROMULO: Como sempre, pouco participativo. Ainda levou um cartão amarelo e errou o corte na jogada que decretou a derrota do Fla. NOTA 4

TRAUCO: Entrou para dar maior qualidade ao meio-campo, mas pouco produziu. NOTA 5

DIEGO: Desarmado com facilidade na maioria dos lances, errou passes e teve poucos lampejos. NOTA 5

LUCAS PAQUETÁ: Acertou uma bola na trave e quase marcou no segundo tempo. Mostrou muita vontade. NOTA 7,5

EVERTON RIBEIRO: Bem no primeiro tempo, foi desastroso no segundo. Recebeu o terceiro amarelo e não pega o Botafogo. NOTA 5,5

MATHEUS SAVIO: Entrou no fim e praticamente não participou do jogo. SEM NOTA

GUERRERO: Lutou, mas, isolado e pouco acionado, foi obrigado a se ater à briga com os zagueiros. NOTA 5,5

MARLOS MORENO: Passou a maior parte do tempo em briga quase incessante com a bola. NOTA 4

FERNANDO URIBE: Estreante, perdeu um gol no seu primeiro lance, quase marcou de cabeça no segundo e, no terceiro, estragou um bom contra-ataque. NOTA 4,5

Comentários